Jovem Aprendiz 2021: Um Resumo Geral sobre Vagas, Requisitos e Salários

O programa Jovem Aprendiz é voltado para a inserção e desenvolvimento dos jovens brasileiros no mercado de trabalho. Guiado pela Lei da Aprendizagem, o projeto reuni vagas de emprego em centenas de empresas de médio e grande porte ao redor do país. Em breve estarão aberta as inscrições para Jovem Aprendiz 2021, saiba como realizar as inscrições!

Jovem Aprendiz 2021: Inscrições, vagas, empresas e salários
Jovem Aprendiz 2021: Inscrições, vagas, empresas e salários (Imagem: Montagem FDR)

O ano de 2020 foi marcado por uma série de crises econômicas, sociais e sanitárias não só no Brasil, como em grande parte do mundo. Chefes de família perderam o emprego e, consequentemente, a principal fonte de renda.

publicidade

O pagamento do auxílio emergencial, FGTS-emergencial e benefícios sociais pagos pelo INSS foram uma maneira encontrada pelo Governo Federal para tentar minimizar os pontos negativos trazidos pela pandemia do novo coronavírus, mas ainda sim a renda média do brasileiro sofreu uma queda de 20,1%, baixando o valor para R$ 893, ante R$ 1.118 reais.

É neste contexto que se iniciam as inscrições para o programa Jovem Aprendiz 2021, com o intuito de acrescentar na renda das famílias brasileiras, sem afetar os estudos dos jovens e adolescentes.

Quem pode se tornar um Jovem Aprendiz em 2021?

Os jovens têm a oportunidade de inclusão social com o primeiro emprego, por meio de uma parceria entre empresas públicas / privadas e o Governo Federal.

publicidade

Para realizar a inscrição nos processos seletivos de aprendizagem em 2021, o candidato precisa ter entre 14 a 24 anos incompletos que estejam cursando o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio. É importante frisar que a idade máxima prevista não se aplica a aprendizes com deficiência.

Além disso, o interessado em uma das vagas de emprego ofertadas pelo programa Jovem Aprendiz, precisa ter entre 4h e 6h diárias disponíveis para o acompanhamento das aulas teóricas e atividades práticas remuneradas.

Lei da Aprendizagem e benefícios do Menor Aprendiz

De acordo com a Lei N° 10.097, é necessário que em “(…) Empresas de médio e grande porte, além de órgãos públicos, tenham entre 5% e 15% do seu quadro de funcionários formado por jovens com idade entre 14 e 24 anos para facilitar a inserção dos jovens no mercado de trabalho.”

publicidade

Além disso, um aprendiz tem direito a benefícios trabalhistas previstos na CLT, como por exemplo:

  • Contrato de trabalho especial, com anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social
  • Salário variando de 1/2 a 1 salário mínimo federal
  • Auxílio alimentação;
  • Auxílio transporte;
  • Pagamento do décimo terceiro;
  • Contribuição com o seu FGTS;
  • Férias após 1 ano de contrato, junto com sua instituição de ensino.

O contrato especial de trabalho é por tempo determinado, de no máximo dois anos. Os jovens beneficiários são contratados por empresas como aprendizes de ofício previsto na Classificação Brasileira de Ocupações – CBO, do Ministério de Trabalho e Emprego (MTE).

Ao mesmo tempo são matriculados em cursos de aprendizagem em instituições qualificadoras reconhecidas, responsáveis pela certificação.

Inscrições para Jovem Aprendiz 2021

O primeiro passo é encontrar uma instituição que implementa o “Aprendiz Legal” no seu estado e realizar as inscrições.

Acesse as últimas notícias sobre vagas de emprego, estágio e aprendizagem

A maioria dos processos seletivos não são diretos com as empresas contratantes, mas sim com organizações conveniadas ao programa.

Alguns exemplos são a CIEE, IEL, ISBET e ABRE, responsáveis pela divulgação de vagas, cadastro de currículos, encaminhamento de candidatos para empresas e por fim, o gerenciamento de contrato de aprendizagem.

Em seguida, é preciso realizar o cadastro na instituição escolhida. Informações pessoais e acadêmicas precisam estar no currículo do Aprendiz.

Como fazer o currículo Jovem Aprendiz?

Ainda não tem um currículo? Alguns passos para montar seu currículo sem experiência profissional podem ser bem simples e eficazes.

  • Informar no currículo os dados pessoais como nome completo, idade, endereço, e-mail e telefones para contato
  • Informar o objetivo profissional
  • Listar formação acadêmica
  • Listar cursos e qualificações
  • Informações complementares

Cargos e empresas parceiras do programa Jovem Aprendiz

Ao se candidatar a uma das vagas de aprendizagem, o jovem poderá iniciar as aulas teóricas em uma opções de cursos profissionalizantes. Alguns exemplos são:

  • Aprendizagem na Indústria
  • Aprendizagem em Logística
  • Aprendizagem em Comércio e Varejo
  • Aprendizagem em Administração
  • Aprendizagem em Informática e Operação de Computador
  • Aprendizagem em Telemarketing
  • Aprendizagem em Serviços Bancários

Os cursos podem ser ofertados no modelo EAD (Educação a Distância) ou presencialmente.

Como já foi mencionado antes, empresas de médio e grande porte do segmento público e privado realizam contratações de aprendizes. Abaixo você encontra algumas das opções mais buscadas:

  • Caixa Econômica Federal
  • Banco do Brasil
  • INSS
  • Companhias de energia (Copel, Celpe, Enel, Light, Cemig, Coelba entre outras)
  • Companhias de água e saneamento (Sabesp, Embasa, Compesa, Cedae, Copasa entre outras)
  • Correios
  • SENAI
  • SENAC
  • SESC
  • Bradesco
  • Santander
  • Itaú
  • Carrefour
  • Havan
  • Riachuelo
  • Renner
  • Leader
  • Atacadão
  • Cacau Show
  • Unilever
  • Gerdau
  • Unimed
  • Hapvida
  • Pague Menos
  • Drogasil
  • Johnson & Johnson

Entre outras!

Um outro modo de realizar as inscrições para Jovem Aprendiz em 2021, é acessando o próprio site da empresa e buscando a aba “trabalhe conosco” ou “novos talentos”.

Em cada portal será possível conhecer maiores detalhes sobre os processos seletivos e resultados das contratações.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 6

Jovem Aprendiz 2021: Um Resumo Geral sobre Vagas, Requisitos e Salários

AvatarAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.