Banco do Brasil: Clientes reclamam de cadastro sem autorização no PIX

Nos últimos dias, clientes do Banco do Brasil (BB) têm reclamado que a instituição financeira tem cadastrado a chave para o acesso ao PIX, nova modalidade de pagamentos do Banco Central (BC), sem a autorização deles.

publicidade
Banco do Brasil: Clientes reclamam de cadastro sem autorização no PIX
Banco do Brasil: Clientes reclamam de cadastro sem autorização no PIX (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

Durante a primeira semana de cadastros no PIX, quase 25 milhões de chaves haviam sido registradas no Banco Central. A forma de pagamento será lançada no dia 16 de novembro e permitirá transferências instantâneas, 24 horas por dia, todos os dias do ano, incluindo finais de semana e feriados.

Para ter acesso o usuário precisa cadastrar uma chave de acesso, que pode ser o CPF, e-mail, número de telefone celular ou uma chave aleatória. Quem possuir mais de uma conta bancária deve criar uma chave PIX diferente para cada instituição.

O cadastro de uma chave PIX não é obrigatório, porém irá facilitar a identificação do cliente e as transações serão feitas de maneira mais ágil. Para receber uma transferência, por exemplo, será preciso fornecer ao pagador apenas a chave cadastrada sem a necessidade dos dados bancários, como conta e agência.

Cadastro sem autorização?

Ao fim da semana passada e início desta, alguns clientes do Banco do Brasil têm se queixado que a instituição financeira tem cadastrado a chave para o acesso ao PIX sem o consentimento deles.

Em nota oficial, o Banco do Brasil informou que o cliente pode ter clicado em algum ‘aceite’ enquanto estava acessando sua conta através do aplicativo, sem ter percebido. Confira a nota na íntegra:

“O Banco do Brasil oferece o cadastramento das chaves PIX nos canais digitais e na agência, seguindo todos os protocolos definidos pelo Banco Central. O registro é feito somente com autorização do cliente, por meio da escolha da chave que deseja cadastrar no BB e com experiência simples, segura e intuitiva.”

AvatarGuilherme Moreira
Guilherme Moreira é formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Atuou como roteirista, produtor e editor do SBT interior e na redação de blogs e sites informativos. Atualmente, trabalha como social media e redator do portal FDR. |  Instagram @guimemoreira