Jovem Aprendiz ITAÚ: Vagas, Salários e Inscrições

O programa Jovem Aprendiz Itaú garante mais oportunidades para jovens de baixa renda que desejam ter a oportunidade do primeiro emprego no Brasil. Por se tratar de uma das empresas mais relevantes no país, o programa de aprendizagem do Itaú busca, por meio da Lei da Aprendizagem, a auxiliar na mobilidade social de centenas de estudantes.

Jovem Aprendiz ITAÚ: Vagas, Salários e Inscrições
Jovem Aprendiz ITAÚ: Vagas, Salários e Inscrições (Imagem: Reprodução Google)

A principal intenção do projeto é proporcionar a experiência do mercado de trabalho aos jovens, auxiliar no início da profissão e garantir menores índices de desigualdade no país.

De acordo com estudos, quase 4 milhões de pessoas já foram alcançadas e tiveram suas vidas mudadas com o Jovem Aprendiz.

Como funciona a Lei do Aprendiz?

O programa funciona em um total de dois anos. Neste tempo, o jovem tem a oportunidade de conhecer a profissão por meio de módulos com vivências teóricas e práticas.

Inicialmente, a pessoa tem contato direto com a empresa e a profissão. Tudo isso acontece sobre supervisão de um professor.

Ao final desse período, o estudante tem contato com a categoria teórica. Neste momento, vai acontecer a relação direta dos assuntos que vão direcionar o estudante a ser um futuro profissional daquela área. Como o prazo é de 24 meses, o Jovem Aprendiz pode ser demitido ou admitido na função.

As principais situações que possibilitam ou não a contratação do novo funcionário é a análise do desempenho durante o período como Jovem Aprendiz. Ações como produtividade, facilidade de trabalhar em equipe, responsabilidade e características similares a estas, são levadas em consideração.

A Lei do Aprendiz pode também ser comumente chamada de Menor Aprendiz, Jovem Aprendiz ou Aprendiz Legal, todas tem a mesma função, porém apresentam nomenclaturas diferentes.

Para que fosse fundamentado e entrasse em vigor o programa, o Estatuto da Criança e do Adolescente precisou ser modificada.

Por meio da Constituição de 1988, as condições trabalhistas são explicitadas. Antes, os adolescentes menores de 18 não poderiam ter contato com atividades laborais. Porém, com o projeto, as cláusulas precisaram ser modificadas e as normas mudadas para possibilitar a aprendizagem remunerada por meio do projeto.

Quem pode se inscrever no programa Jovem Aprendiz?

Segundo a Lei de Aprendizagem, as empresas de médio e grande porte precisam separar uma porcentagem de vagas para a contratação deste público-alvo.

O índice varia de acordo com o tamanho da empresa estando entre 5% e 15% a quantidade de funcionários admitidos pelo Jovem Aprendiz.

O grupo que caracteriza como sendo Jovem Aprendiz precisa estar em condição escolar. Caso não tenham concluído o ensino fundamental, é necessário estar matriculado em uma unidade pública. Aos alunos do nível médio, as regras são as mesmas.

No entanto, se o jovem que está entre a faixa etária do projeto já concluiu o ensino básico, ele pode se inscrever no projeto e destinar o tempo ao aprendizado profissional e a frequência das aulas nas unidades inscritas no programa.

Para se inscrever no programa, é necessário que a faixa etária seja respeitada. A idade precisa estar entre 14 a 24 anos.

As pessoas portadoras de alguma deficiência não precisam seguir estas regras de faixa etária e também no que se refere a escolaridade. Basta apenas se inscrever no programa e comprovar a deficiência por meio de laudos médicos.

A carga horária máxima exigida é 6 horas. Algumas empresas colocam como 8 horas a carga horária necessária.

No entanto, essas duas horas acrescidas não podem ser na modalidade prática e sim para ensinamentos teóricos sobre a área escolhida pelo Jovem Aprendiz.

No contrato entre o Jovem e a Empresa é preciso que sejam esclarecidas todas as informações necessárias, assim como salário, carga horária determinada, descontos e afins.

O valor da remuneração não pode ser menor que o piso salarial nacional em vigor. Caso a empresa forneça auxílios ou benefícios, o valor devem ser acrescidos ao salário do Jovem Aprendiz.

Quanto aos benefícios, o programa oferece 13º salários e férias que devem coincidir com o período de recesso escolar. O recolhimento do valor destinado ao INSS também é de caráter obrigatório.

Além do Itaú, há vagas abertas para Jovem Aprendiz 2021 nas empresas:

Jovem Aprendiz Itaú

O Unibanco, mais conhecido como Itaú, foi criado em 2008 e hoje configura como uma das maiores instituições financeiras do país. Está ativo em 21 países e só no Brasil totaliza mais de 5 mil agências bancárias e 26 mil caixas de atendimento.

Com todo esse crescimento, já era de se esperar que este banco fosse parceiro do programa. De acordo com a Lei do Aprendiz, a parceria é um benefício mútuo entre empregado e empregador.

Para o Jovem Aprendiz, a abertura de oportunidades, para as empresas, a chance de formar profissionais e ter funcionários jovens e proativos compondo o grupo empresarial.

De acordo com o Banco Itaú, o Jovem Aprendiz Itaú pode atuar das áreas de administração central ou nas redes de atendimento das agências. São, portanto, chances de contratação em todo o solo nacional.

Os pré-requisitos de contratação do programa Jovem Aprendiz do Itaú depende a empresa pelo qual está sendo feita a inscrição.

Para os interessados em entrar no Itaú, as regras do Jovem Aprendiz Itaú são:

  • Ter faixa etária entre 16 e 22 anos. Para trabalhar em agências é necessário ter uma idade superior a 18 anos;
  • Concluinte do Ensino Médio;
  • Características importante como facilidade de resolução de problemas, ser ativo e proativo, disponibilidade de executar várias funções;
  • Jovens em situação de vulnerabilidade social e alunos advindos da rede pública de ensino.

Se selecionado, o Jovem Aprendiz Itaú tem direito de receber:

  • Vale-Alimentação;
  • Plano de Saúde;
  • Seguro de Vida;
  • Vale-Transporte.

O processo de inscrição está fundamentada em 4 etapas. São elas:

  • Cadastro e teste na modalidade online;
  • Entrevista em formato coletivo acrescido de metodologias de dinâmica de grupo;
  • Entrevista em formato individual;
  • Processo de admissão e contratação do Jovem Aprendiz Itaú.

Vagas e inscrições para Jovem Aprendiz Itaú

O processo de inscrição é realizado pelo site oficial do Banco Itaú. Para isso, você precisa seguir o passo a passo abaixo:

  • Acessar o portal oficial do Itaú;
  • Clicar em trabalhe conosco;
  • Vá para inscreva-se;
  • Clique em deixe seu currículo.

Depois dessas etapas, basta esperar o banco entrar em contato. É muito importante que os dados cadastrais estejam sempre atualizados pois é por meio deles que será feita convocação para as entrevistas e uma posterior admissão à vaga.

O processo de procura por oportunidades é fácil. Por meio deste site, você pode encontrar as vagas por estados, cidades e nível. De acordo com o site, há a presença de 340 vagas. Por conta da pandemia, o processo de contratação está um pouco lento.

Atualmente, tem vagas abertas na Bahia, São Paulo, Curitiba, Ouro Preto-MG e Teresina. Para ter acesso à todas as vagas e ao processo de inscrição, clique aqui.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 28

Jovem Aprendiz ITAÚ: Vagas, Salários e Inscrições

Amanda CastroAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.