Além do governo federal, estados também pagam Vale Gás; confira

Com a preocupante carestia do gás de cozinha, o governo federal resolveu criar o Auxílio Gás dos Brasileiros, pago a cada dois meses e com valor equivalente à metade do preço do botijão nos últimos 6 meses. O que muita gente não sabe, no entanto, é que governos estaduais também criaram benefícios semelhantes.

A seguir, você pode conferir se o estado oferece um vale gás e como ter acesso ao benefício.

São Paulo

O Vale Gás do estado de São Paulo faz parte do programa Bolsa do Povo, que também conta com outros benefícios e facilidades para a população de baixa renda.

O vale gás para os paulistas tem valor mensal de R$ 100 e é pago por três meses seguidos. Para receber o benefício, além de já estar incluído no Bolsa do Povo, é preciso estar cadastrado no CadÚnico e ter renda per capita de até R$ 187 por mês.

Os cartões do benefício são enviados pelos Correios ou podem ser retirados nas unidades do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). Eles devem ser desbloqueados site do Bolsa do Povo, pelo telefone 0800 7979 800 ou nos postos de autoatendimento do Poupatempo.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, foi criado um vale gás dentro do programa SuperaRJ. O benefício tem valor de R$ 80, sendo que no primeiro mês de execução, em outubro de 2021, foi paga uma parcela em dobro, de R$ 160.

Pelo SuperaRJ como um todo, as famílias podem receber de R$ 280 a R$ 380, dependendo da quantidade de filhos menores de idade.

Têm direito ao benefício:

  • Famílias inscritas no CadÚnico com renda per capita de até R$ 178 por mês, que não recebam outros auxílios
  • Quem perdeu o emprego durante a pandemia e está sem fonte de renda
  • Autônomos e MEI que cumpram um dos requisitos acima

Ceará

O vale-gás social do Ceará foi criado no início da pandemia de Covid-19 e depois se tornou permanente. O programa concede tíquetes para aquisição de três botijões por ano.

São atendidas as famílias inscritas no Cartão Mais Infância ou beneficiárias do Auxílio Brasil, com renda per capita igual ou inferior a R$ 89,34, além de jovens inseridos no programa Superação.

Maranhão

No Maranhão, famílias inscritas no CadÚnico sem fonte de renda podem receber o Vale Gás local. Nesse caso, o vale pode ser trocado por botijões em estabelecimentos credenciados pelo governo estadual.

Cada família recebe três vales, que podem ser retirados em escolas públicas, restaurantes populares e unidades do CRAS.

Pará

O governo estadual concede duas cotas de R$ 100 cada através de crédito no Banpará (Banco do Estado do Pará). Têm direito famílias inscritas no CadÚnico sem fonte de renda.

Tocantins

O vale-gás permite três recargas gratuitas do botijão para famílias inscritas no CadÚnico, com renda de até R$ 178 por mês e que não recebam Auxílio Brasil. É possível consultar se foi contemplado com o benefício pelo site https://valegas.to.gov.br/.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.