Como funciona o empréstimo com garantia de celular? Vale a pena?

No mercado, existem várias modalidades de empréstimo e uma que está se tornando popular é o empréstimo com garantia de celular. O funcionamento é similar aos empréstimos com garantia de carros ou imóveis, mas neste caso a garantia é o aparelho celular. Saiba mais como funciona e algumas empresas que o oferecem.

Empréstimo com garantia de celular

O empréstimo com garantia de celular é uma modalidade de crédito que foi criada com a finalidade de facilitar o acesso de variados perfis de consumidores ao crédito. Isso pois a porcentagem de aprovação desta modalidade de empréstimo é alta, independentemente da situação financeira do consumidor.

A modalidade ja é bem aceita no país e pode ser encontrada com certa facilidade, se tornando mais uma opção para quem está precisando de uma graninha urgente.

As empresas que ofertam este tipo o empréstimo aceitam o aparelho celular do cliente como garantia de pagamento. Sendo assim, caso as parcelas deixem de ser pagas, o aparelho é bloqueado e só volta a funcionar após o pagamento da dívida.

O prazo de pagamento também costuma ser reduzido e o solicitante tem até cerca de 12 meses para terminar o pagamento do empréstimo. Após a contratação, um aplicativo será instalado no celular. Através deste aplicativo, o aparelho poderá ser bloqueado caso o contratante atrase o pagamento das parcelas. Confira algumas opções:

Bom para Crédito

Outra opção é o Bom para Crédito. O celular dado como garantia de pagamento, segue com o solicitante e as taxas de juros partem de 0,75% ao mês.

O Bom pra Crédito é uma plataforma digital de crédito que mantém parceria com cerca de 30 instituições financeiras, senso assim, um ótimo correspondente bancário.

A aceitação de somente celulares Samsung e valores baixos de crédito estão entre os pontos negativos. Para conferir uma avaliação completa feito pelo nosso site clique aqui.

Super Sim

Nesta opção, o celular também permanece com o solicitante sendo necessário apenas a instalação de um aplicativo que permite que a instituição financeira bloqueie o aparelho caso as parcelas não sejam pagas.

É possível conseguir um valor de empréstimo de até R$2.500, sendo que a instituição financeira deposita o valor diretamente na conta do cliente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.