Petrópolis: cidade terá caminhão agência da Caixa e saque calamidade do FGTS

A população de Petrópolis sofre desde as fortes chuvas ocorridas na terça-feira (15), que provocaram alagamentos e deslizamentos de terra. Até o momento, foram registradas 123 mortes e há pelo menos 106 pessoas desaparecidas.

Assim como ocorreu em outros desastres, a Caixa Econômica Federal está tomando medidas para ajudar a população atingida. Na quinta-feira (17), foram anunciados o deslocamento de um caminhão-agência para o local e a liberação de Saque Calamidade do FGTS, além de outras ações.

O caminhão-agência funcionará das 8h às 16h e oferecerá os mesmos serviços de uma agência normal, como saque do Auxílio Brasil, além de ter um caixa eletrônico à disposição. Ainda não há previsão de quando ele chegará a Petrópolis, mas a Caixa informou que isso depende das condições das vias de acesso.

O Saque Calamidade já estava disponível para uma parte da população do município desde o dia 10 de fevereiro e agora será liberado para as localidades atingidas pela chuva mais recente.

O recurso permite o saque de até R$ 6.220 do FGTS. O trabalhador precisa ter saldo disponível e não pode ter feito o Saque Calamidade nos últimos 12 meses. A solicitação pode ser feita pelo app FGTS.

A Caixa também informou que auxiliará o município no envio de documentos para certificar a condição de calamidade, necessária para a liberação do saque.

Habitações e obras

A Caixa também prestará apoio para a população de Petrópolis por meio de seus programas de habitação. Os contratos de financiamento imobiliário com o banco poderão ser pausados por até 90 dias após solicitação e haverá suporte para obtenção de seguros e indenizações.

Equipes técnicas serão enviadas para analisar danos, tanto em habitações sociais vinculadas à Caixa, como em outros locais, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras.

Medidas anunciadas pelo Governo

O presidente Bolsonaro sobrevoou as regiões atingidas pelo desastre na manhã desta sexta-feira, acompanhado do ministro da Cidadania, João Roma, do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e de outras autoridades. Depois, participou de entrevista coletiva, em que também esteve presente o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

Até agora, o governo federal já anunciou o repasse de R$ 2,3 milhões para o município e prepara a liberação de mais R$ 1 bilhão. As Forças Armadas já enviaram mais de 800 homens para o local, onde montaram hospitais de campanha.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.