Covid-19: volta do Réveillon e aumento dos casos esgotam testes em SP; o que fazer?

A cepa ômicron da Covid-19 mostrou como essa variante da doença é altamente transmissível nas festas de fim de ano. Com isso, levou ao aumento do número de casos e a alta na demanda por testes.

publicidade

Com o aumento de casos de Covid-19 elevado pelas festas de fim de ano os testes vendidos pelas farmácias se esgotaram em todo o país, desde o início deste ano. A maioria das farmácias está sem estoque e está realizando os agendamentos apenas a partir do próximo fim de semana.

Esse cenário é resultado da alta demanda por testes de Covid-19 na última semana de dezembro, ocasionando do desabastecimento das farmácias. De acordo com a Abrafarma, a procura pelos testes teve aumento de 44% em um intervalo de duas semanas no último mês do ano.

O aumento na procura pelos testes de Covid-19 foi registrado em todo o Brasil. Segundo a Abrafarma, entre os dias 13 e 19 de dezembro, foram 137.618 atendimentos. Esse número representa 9% a mais do que o verificado entre 6 e 12 do mesmo mês.

publicidade

O aumento pela demanda já vinha sendo registrada desde o final de novembro. De acordo com a associação, entre os dias 29 de novembro a 5 de dezembro o aumento foi de 44%. Esse aumento foi registrado após queda consecutiva desde o mês de junho.

A causa foi às festividades de fim de ano, como Natal, Réveillon e confraternizações de trabalho e amigos. Boa parte desses eventos exigiu a apresentação do teste negativo para Covid-19 como requisito para a participação.

As empresas afirmaram que essa escassez é pontual e que já foi realizado um novo pedido com previsão de entrega nos próximos dias. Diante disso, as farmácias já estão realizando agendamentos, com base na data indicada para o recebimento do este de Covid-19.

Do quantitativo de testes realizados (137 mil) na terceira semana de dezembro, 10.982 tiveram resultado positivo para Covid-19. Na semana anterior, esse número era de 8.278 casos. Esse aumento mostra o quanto a variante ômicron é altamente transmissível.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Além disso, esse número também é resultado da flexibilização das medidas restritivas para a disseminação da doença. Durante os eventos, houve aglomerações e poucos usaram máscara de proteção.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.