Vale-gás: vítimas das chuvas em MG e BA recebem o benefício nesta semana

A Caixa Econômica Federal anunciou a liberação do vale-gás, benefício recém-criado pelo governo federal, para as famílias vítimas das enchentes em Minas Gerais e na Bahia. O pagamento para essas famílias começou nesta segunda-feira (27).

publicidade

O governo havia prometido iniciar o pagamento do vale-gás (também chamado de auxílio gás) para os beneficiários em geral ainda neste mês. Porém, mesmo correndo contra o tempo, o Ministério da Cidadania não conseguiu cumprir a promessa e só iniciará o pagamento regular em 18 de janeiro, seguindo o calendário do Auxílio Brasil.

O vale-gás foi criado pelo Congresso Nacional em outubro, mas só recebeu verba para ser implementado em 17 de dezembro. O programa é uma das tentativas da gestão Bolsonaro de atenuar as consequências da crise econômica e diminuir a sua desaprovação.

Vale-gás para as vítimas das enchentes

108 mil famílias serão beneficiadas nessa fase de pagamento do vale-gás. Além de residirem em municípios de Minas e Bahia que decretaram estado de calamidade devido aos desastres naturais, elas necessitam estar cadastradas no Auxílio Brasil.

publicidade

É possível consultar se você receberá o auxílio gás através dos aplicativos Auxílio Brasil e Caixa Tem. O valor do benefício é de R$ 52, o que corresponde à metade do preço de um botijão de gás em 2021, segundo as estimativas do governo.

O vale-gás será repassado por meio de uma Conta Poupança Social e pode ser sacado em agências da Caixa ou transferido para outras contas através do app Caixa Tem. Quem tem o cartão do Bolsa Família pode acessar o dinheiro em qualquer lotérica ou agência bancária apresentando o cartão ou um documento de identidade.

Outras medidas anunciadas pela Caixa

A Caixa Econômica Federal está tomando diversas medidas de auxílio desde o início dos temporais neste mês.

Na quinta-feira passada (27), a instituição havia liberado o saque do FGTS em dois municípios de MG e BA que decretaram estado de calamidade. O chamado Saque Calamidade é uma das principais iniciativas anunciadas pela Caixa.

As outras são: prioridade nos canais de atendimento para os moradores de localidades atingidas, prioridade na análise de indenizações, apoio técnico para os segurados do banco e fluxo facilitado para acionamento de sinistro.

Até o momento, calcula-se que pelo menos 400 mil pessoas sofreram com as enchentes, deslizamentos e outras consequências do desastre natural.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.