Orçamento 2022: salário mínimo, Auxílio Brasil e tudo o que deve ser gasto

Nesta terça-feira, 21, foi aprovado no Congresso o texto base do Orçamento 2022, mais precisamente a Lei Orçamentária Anual (LOA). Esse projeto funciona como uma estimativa sobre como o governo e os parlamentares poderão usar as verbas públicas durante o próximo ano.

publicidade

O texto foi analisado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO), tendo como relator o deputado Hugo Leal (PSD-RJ). Entre outras situações, ficou decidido que pelo menos R$ 4,9 bilhões devem ser usados para o fundo eleitoral, e outros R$ 1,7 bilhões vão servir para aumentar o salário dos policiais, a pedido do presidente Bolsonaro.

Agora, com a votação entre deputados e senadores tendo sido finalizada, a aprovação depende apenas da sanção presidencial. E os parlamentares ficarão livres para entrar em recesso.

Destino das verbas do Orçamento 2022

  • Saúde: R$ 147,7 bilhões
  • Educação: R$ 113,4 bilhões
  • Auxílio Brasil: R$ 89,06 bilhões;
  • Emendas de relator: R$ 16,5 bilhões;
  • Fundo eleitoral: R$ 4,93 bilhões;
  • Aquisição de vacinas: R$ 3,9 bilhões;
  • Censo 2022: R$ 2,29 bilhões;
  • Vale-gásR$ 1,9 bilhão;
  • Reajuste para as carreiras da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen): R$ R$ 1,7 bilhão;
  • Reajuste do piso salarial para agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias: R$ 800 milhões.
publicidade

Salário mínimo

Inicialmente previsto para pagar R$ 1.210 no próximo ano, o piso nacional foi elevado para R$ 1.211,98 e fica arredondado para R$ 1.212,00. 

Para definir a quantia do salário mínimo é considerada a inflação com base no Índice de preços ao consumidor (INPC), este mostra uma alta de 10,18%. Logo, a quantia foi aplicada aos atuais R$ 1.100 pagos como piso em 2021.

Vale lembrar que esse ainda assim esse valor não é o mais preciso, o INPC real do ano será liberado apenas em janeiro. No entanto, o governo precisa de uma previsão justamente para que seja aplicada ao piso, e que no primeiro dia do próximo ano o salário mínimo já comece a valer.

Essa mudança de valor afeta pelo menos 50 milhões de brasileiros, que vivem com uma renda de até um salário, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Auxílio Brasil

Após aprovação da PEC dos Precatórios, agora o novo programa social do governo Bolsonaro, o Auxílio Brasil, terá a chance de pagar no mínimo R$ 400 por família inscrita. 

Foram R$ 54,39 bilhões destinados para bancar o programa social. E ainda existem disponíveis outros R$ 34,67 bilhões que seriam destinados ao antigo Bolsa Família.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Com o valor total, de R$ 89,06 bilhões, o governo conseguirá atingir pelo menos 17 milhões de pessoas a partir do próximo ano. Hoje, o programa contempla 14,5 milhões de cidadãos vulneráveis.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.