Rio de Janeiro retoma vacinação de adolescentes, mas teme nova suspensão

Na última quarta-feira (8), a Prefeitura do Rio de Janeiro retomou a vacinação de adolescentes meninas de 15 anos. Nesta sexta-feira (9), os meninos com a mesma idade receberão a 1ª dose da vacina contra a Covid-19.

Rio de Janeiro retoma vacinação de adolescentes, mas teme nova suspensão
Rio de Janeiro retoma vacinação de adolescentes, mas teme nova suspensão (Imagem: Folhapress)

A retomada da vacinação de adolescentes no Rio de Janeiro aconteceu após a entrega de 365 mil doses da vacina contra a Covid da Pfizer. Porém, segundo o município, esse quantitativo não é suficiente para atender todo o público.

Dessa maneira, a vacinação de adolescentes corre o risco de ser suspensa mais uma vez. Das mais de 300 mil doses, 141.348 foram retiradas pela Secretaria municipal de Saúde (SMS) do Rio, na última segunda-feira (6).

Porém, desse quantitativo, apenas 35.832 são para a 1ª dose, sendo assim, as demais são para completar a sequência vacinal. O município informou que seria necessário 48 mil doses para a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos.

É importante lembrar que a vacina da Pfizer é a única que já tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a aplicação no público entre 12 e 17 anos. Por esse motivo, neste momento, a capital irá aplicar a dose da vacina Pfizer nos adolescentes de 15 anos.

Além disso, segundo o anúncio foi feito na última terça-feira (7) pelo prefeito Eduardo Paes (PSD), poderão se vacinar pessoas com 25 anos ou mais, gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência (PcD) a partir dos 12 anos.

Esses devem buscar a respescagem da vacina, preferencialmente, no período da tarde. Com isso, deve ser evitada a aglomeração de pessoas, já que o turno da manhã é mais movimentado.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as datas para a aplicação da 1ª dose em adolescentes de 14 a 12 anos só serão divulgadas quando o Rio receber mais vacinas da Pfizer. Até o momento, 91% dos adolescentes de 12 a 17 anos receberam a 1ª dose e 48,9% completaram a sequência vacinal.

De acordo com o painel de vacinação do município, 77,9% da população total da cidade receberam a primeira dose e 42% estão com o esquema vacinal completo. Pra isso, foram usadas vacinas da AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer e Janssen.

O Ministério da Saúde está antecipando o prazo de aplicação da 2ª dose dos imunizantes. Até o momento, foram antecipadas as vacinas da Astrazeneca e Coronavac.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 1

Rio de Janeiro retoma vacinação de adolescentes, mas teme nova suspensão

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA