Critérios da vacinação de adolescentes conforme o Ministério da Saúde

Em uma Nota Técnica divulgada pelo Ministério da Saúde no início deste mês, a pasta recomendou que a vacinação de adolescentes contra a Covid-19 seja iniciada somente a partir do dia 15 de setembro em todo o país. No entanto, várias cidades brasileiras já deram início à imunização em jovens na faixa etária de 12 a 17 anos em virtude do avanço das campanhas locais. 

Critérios da vacinação de adolescentes conforme o Ministério da Saúde
Critérios da vacinação de adolescentes conforme o Ministério da Saúde. (Imagem: Exame)

A sugestão dada pelo Ministério da Saúde se baseia na estimativa feita para a conclusão da primeira etapa da vacinação em adultos com 18 anos ou mais, que deve terminar até a primeira quinzena deste mês de setembro.

Segundo dados apurados pela plataforma LocalizaSUS, cerca de dois milhões de crianças e adolescentes já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 até o momento. 

Mas vale ressaltar que, conforme liberação dada pelo próprio Ministério da Saúde, os estados e municípios brasileiros têm autonomia para antecipar o calendário de vacinação sempre que possível. De acordo com a realidade local, ou seja, demanda e disponibilidade de doses. 

Mas no geral, é preciso seguir as diretrizes básicas implementadas no Plano Nacional de Imunização (PNI), pois é a partir dele que a pasta terá condições de assegurar a distribuição de doses o suficiente para o andamento do calendário de vacinação nas mais diversas localidades. 

A princípio, terão prioridade no calendário de vacinação os adolescentes na faixa etária mencionada que possuem deficiência permanente e comorbidades, para somente então, ser liberada aos demais.

Posteriormente, devem ser vacinadas as adolescentes gestantes e puérperas, aqueles privados de liberdade, para somente então os demais serem imunizados.

De qualquer forma, todos os adolescentes entre 12 a 17 anos devem ser imunizados com a vacina da Pfizer, única marca autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para atender este público. 

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, o público de 12 a 17 anos é formado por mais de 20 milhões de adolescentes. Ele ainda completou que:

“Com a chegada de mais doses da Pfizer até o fim de setembro, teremos doses suficientes para distribuir imunizantes e vacinar, não só os adolescentes, mas também aplicar a dose de reforço nas pessoas com mais de 70 anos e imunossuprimidos. Mas é importante que os municípios concluam a vacinação dos adultos com a primeira dose”.

É importante mencionar que mais de 233,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram distribuídas por todo o Brasil. Deste total, 195 milhões já foram aplicadas em 82% da população brasileira com mais de 18 anos de idade em relação à primeira dose. Por outro lado, 39,6% já concluíram o esquema vacinal com ambas as doses ou dose única.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Critérios da vacinação de adolescentes conforme o Ministério da Saúde

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA