Senado analisa pagar auxílio de R$ 3.500 aos agricultores na pandemia

Na última quarta-feira (28 de julho) foi comemorado o Dia Nacional do Agricultor. Durante esse dia o Senado Federal analisou o auxílio de R$ 3.500 e linhas de crédito a juros zero que devem ser destinados aos agricultores familiares durante a pandemia de Covid-19.

Senado analisa auxílio de R$ 3.500 aos agricultores na pandemia
Senado analisa auxílio de R$ 3.500 aos agricultores na pandemia (Imagem: Pexels)

No dia 28 de julho de 1960 foi definido como o dia do agricultor pelo então presidente da república, Juscelino Kubitschek. O objetivo foi comemorar os 100 anos do Ministério da Agricultura. A data serve para lembrar do homem do campo e de sua atividade árdua tão importante para o desenvolvimento do país.

Na última comemoração, o Senado Federal analisou o Projeto de Lei 823/2021 que reúne medidas de outro projeto que já foi vetado pelo Executivo. O foco é ajudar esses trabalhadores durante o período de pandemia, para que assim seja incentivada a sua permanência no campo.

Atualmente, o Brasil possui cerca de 13 milhões de pessoas em situação de pobreza ou de extrema pobreza no campo, segundo os dados do Cadastro Único para Programa Sociais. Diante desse cenário, foi criado um projeto voltado para ajudar o agricultor durante a pandemia que aguarda deliberação do plenário.

O plenário analisou a criação do Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural. A proposta é que o benefício entre R$ 2,5 mil e até R$ 3,5 mil pago em parcela única. O texto também determina que seja criada até 2022 uma linha de crédito a taxa zero para agricultores familiares e pequenos produtores de leite.

O PL 823/2021 foi aprovado na Câmara dos Deputados e traz diversos pontos vetados pelo presidente Jair Bolsonaro em outro projeto aprovado pelo Congresso Nacional. O senador Plínio Valério (PSDB-AM) criticou a decisão do presidente e disse que é preciso incentivar o trabalhador rural a permanecer no campo.

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmou que é mais do que importante ajudar o pequeno agricultor neste momento de calamidade pública. De acordo com os dados do CadÚnico, 84% das propriedades rurais do Brasil são da agricultura familiar.

Esses produtores são responsáveis por empregar mais de 4 milhões de trabalhadores. A mão de obra do campo é responsável pela produção de 70% do feijão, 87% da macaxeira, 1 terço do arroz, 46% do milho e 60% da produção de leite do Brasil.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Senado analisa pagar auxílio de R$ 3.500 aos agricultores na pandemia

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA