Vacinação da COVID-19 para pessoas de 55 a 59 anos começa em julho em SP

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou que a projeção é que a vacinação da COVID para pessoas entre 55 e 59 anos inicie em julho. Segundo Doria, o cumprimento dependerá do envio de novos lotes de vacinas pelo Ministério da Saúde.

Vacinação da COVID-19 para pessoas de 55 a 59 anos começa em julho em SP
Vacinação da COVID-19 para pessoas de 55 a 59 anos começa em julho em SP (Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Atualmente, o Estado de São Paulo está vacinando as pessoas com comorbidades e com deficiência entre 18 e 59 anos de idade. A projeção do governo do Estado é que a vacinação da COVID para esse grupo seja finalizada no mês de junho.

Com isso, a partir de julho será iniciada a vacinação da COVID para as pessoas de 55 a 59 anos sem comorbidades. No mesmo mês é esperado que os profissionais da educação de 18 a 46 anos também recebam a primeira dose do imunizante.

Com isso, o governador espera que as aulas presenciais possam ser retomadas a partir do segundo semestre deste ano. Porém, continuará sendo adotado todos os protocolos de segurança, como distanciamento e o ensino híbrido.

Diante disso, foi divulgado o calendário de vacinação do Estado, com base nas doses que estão previstas para serem recebidas do Ministério da Saúde. Sendo assim, a efetivação das  datas dependerá do quantitativo de vacinas recebidas.

  • 1º a 20 de julho: pessoas de 55 a 59 anos;
  • 21 a 31 de julho: profissionais da educação de 18 a 46 anos.

O governo de São Paulo estima que os profissionais da saúde correspondam a 1,7 milhão de pessoas. Diante disso, o Secretário Estadual de Educação, Rossieli Soares, fez questão de salientar, durante o anúncio do calendário, que São Paulo é a primeira região dar início a vacinação da COVID desse grupo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Doria não divulgou as próximas datas de vacinação para o atual grupo. Porém, a expectativa é que o calendário seja divulgado nos próximos dias, após o recebimento dos novos lotes de vacinas entregues pelo Ministério da Saúde.

Durante a divulgação da projeção da vacinação em São Paulo, a Coordenadora Geral do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, falou sobre a aplicação das doses nas gestantes e puérperas.

De acordo com Regiane a Secretaria de Estado da Saúde aguarda o posicionamento do Ministério da Saúde sobre esse grupo para poder começar aplicar as doses nas gestantes e puérperas sem comorbidades.

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.