Calendário de vacinação em BH libera 1ª dose para pessoas acima de 18 anos

Começa nesta segunda-feira, 17, a vacinação de pessoas com comorbidades na capital mineira, Belo Horizonte. O público contemplado deve integrar a faixa etária de 18 a 33 anos de idade completos até 31 de maio do ano passado. 

Calendário de vacinação em BH libera 1ª dose para pessoas acima de 18 anos
Calendário de vacinação em BH libera 1ª dose para pessoas acima de 18 anos (Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

No entanto, não basta estar dentro da faixa etária mencionada, é preciso ter realizado o agendamento prévio através do site da Prefeitura de Belo Horizonte até o dia 3 de maio.

Na data agendada, o cidadão deve apresentar uma documentação composta por: exames, receitas, prescrições ou relatórios médicos capazes de comprovar a comorbidade. 

É preciso se atentar quanto à presença do número do registro do respectivo conselho classe. A informação deve ter sido emitida há 12 meses ou menos até a data do cadastro, além de estar legível. 

A imunização deste grupo acontecerá nos postos fixos e extras de vacinação entre 07h30 e 16h, enquanto nos drive-thru o atendimento será das 08h às 16h. O endereço de cada posto poderá ser obtido no site da administração municipal. 

Uma particularidade também deve ser observada, a necessidade de apresentar um documento de identificação pessoal com foto e um comprovante de residência junto a todos os outros documentos médicos citados acima.

Quem pode receber vacina em BH

O cidadão residente em Belo Horizonte também deve se enquadrar nos seguintes critérios:

  • Não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • Não ter recebido qualquer vacina nos últimos 14 dias;
  • Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias.

A Prefeitura de Belo Horizonte ressaltou que todas as informações apresentadas são de total responsabilidade do indivíduo que as apresentou no momento da vacinação.

Isso porque, o cadastro será enviado para análise pelos órgãos de controle externo, que sujeitarão os cidadãos a medidas administrativas, civis e penais em caso de dados inverídicos. 

Veja a seguir a lista de comorbidades incluídas no Plano Nacional de Imunização (PNI), as quais permitirão a vacinação deste grupo a partir de hoje: 

  • Doenças causadoras de imunossupressão: lúpus eritematoso sistêmico, síndrome de Cushing, espondilite anquilosante e outras;
  • Doenças cardiovasculares: arritmia cardíaca, cardiopatia hipertensiva, insuficiência cardíaca, cardiopatia congênita;
  • Doenças pulmonares: fibrose cística, hipertensão pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), enfisema, asma;
  • Síndromes coronarianas: angina instável, infarto agudo do miocárdio;
  • Valvulopatias: aórtica, mitral, pulmonar e tricúspide;
  • Miocardiopatias e pericardiopatias: doenças que atingem o miocárdio e o pericárdio;
  • Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Diabetes mellitus;
  • Hipertensão arterial;
  • Doenças cerebrovasculares: acidente vascular cerebral;
  • Doença renal crônica;
  • Transplantados;
  • HIV;
  • Doenças reumáticas;
  • Câncer;
  • Anemia falciforme e talassemia maior;
  • Cirrose hepática;
  • Obesidade mórbida.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Calendário de vacinação em BH libera 1ª dose para pessoas acima de 18 anos

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA