Vacina da COVID-19 em Paulista e Camaragibe para ESTAS pessoas entre 50 e 54 anos

As cidades de Paulista e de Camaragibe, em Pernambuco, deram início à aplicação da vacina da COVID-19 nas pessoas entre 50 e 54 anos que possuem comorbidades. Para receber a dose do imunizante é necessário fazer o agendamento.

Vacina da COVID-19 em Paulista e Camaragibe para ESTAS pessoas entre 50 e 54 anos
Vacina da COVID-19 em Paulista e Camaragibe para ESTAS pessoas entre 50 e 54 anos (Imagem: Reprodução/Jovem Pan)

O agendamento para esse grupo começou na última terça-feira (18) em Paulista e ontem, quarta-feira (19), em Camaragibe. Diante disso, a aplicação da vacina da COVID-19 nas pessoas entre 50 e 54 anos começou ontem em Paulista e hoje (20) em Camaragibe.

O município de Paulista pede que a população realize o agendamento de forma online, por meio do site Agendamento vacina Paulista ou pelo aplicativo Cidadão Digital. O app está disponível para download na página inicial do site da prefeitura.

Neste momento, a aplicação da vacina da COVID-19 é em pessoas que tenham entre 50 e 54 anos e que possua alguma das comorbidades definidas como prioritárias pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Imunização.

Diante disso, para ter direito ao recebimento da dose é necessário comprovar a condição, por meio da apresentação de um laudo médico. No site criado pela Prefeitura de Paulista foi disponibilizado um formulário, que pode ser utilizado como comprovação da comorbidade.

Assim como o laudo médico, o formulário precisa ser carimbado e assinado por um médico para que tenha validade. Esses documentos devem ser anexados no agendamento e apresentados no dia de receber a vacina da COVID-19.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Além disso, é necessário apresentar RG, Cartão SUS e comprovante de residência. A prefeitura de Paulista informa que nos casos de pessoas com Síndrome de Down, não é necessário apresentar o laudo médico ou formulário.

O município de Paulista está vacinando em sete pontos que funcionam das 9h às 16h. Veja abaixo a lista de comorbidades prioritárias no Plano de Imunização Municipal:

  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Cardiopatias congênitas no adulto;
  • Cirrose hepática;
  • Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar;
  • Diabetes mellitus;
  • Doença renal crônica;
  • Doenças cerebrovasculares;
  • Doenças da aorta, dos grandes vasos e fissuras arteriovenosas;
  • Hemoglobinopatia grave;
  • Hipertensão arterial resistentes e nos estágios 1, 2 e 3 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Imunossuprimidos;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Miocardiopatias e pericardiopatias;
  • Obesidade mórbida;
  • Pacientes oncológicos com tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Síndromes coronárias;
  • Valvopatias.

O município de Camaragibe ampliou a vacinação para os seguintes grupos a partir dos 18 anos:

  • Asmáticos;
  • Deficientes físicos do Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Imunossuprimidos;
  • Pacientes com câncer;
  • Pacientes com cirrose hepática;
  • Pessoas com anemia falciforme;
  • Pessoas com pneumopatias crônicas graves.

As pessoas com hipertensão e diabetes com idade a partir de 40 anos também poderão receber a dose do imunizante. Os cidadãos que tem direito a vacina devem fazer um cadastro no site da Prefeitura de Camaragibe ou no Disque Vacina, pelos números: (81) 99945-4405 ou (81) 2129-9570.

O agente de saúde irá informar o local, data e hora da imunização. Quem já possuir cadastro no sistema público de saúde só precisa aguardar o contato. No dia da imunização é preciso apresentar RG, Cartão SUS, comprovante de residência e um documento que comprove a comorbidade.

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.