Vacina da Covid-19: Veja qual grupo prioritário na imunização após idosos

A campanha de vacinação da Covid-19 no Brasil segue dentro dos padrões esperados. Em várias localidades já tem sido iniciada a aplicação do imunizante em idosos na faixa etária de 60 anos. 

Vacina da Covid-19: Veja qual grupo prioritário na imunização após idosos
Vacina da Covid-19: Veja qual grupo prioritário na imunização após idosos. (Imagem: Reprodução/Folha Uol)

A aplicação da vacina da Covid-19 se destina ao grupo prioritário estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) do Governo Federal. Até o momento, não foi possível fazer toda a cobertura vacinal do público-alvo pelo Sistema Único de Saúde. 

Contudo, o poder Executivo, através do Ministério da Saúde, tem se esforçado para ampliar e, até mesmo, antecipar a vacinação da Covid-19 sempre que possível. A imunização do grupo prioritário estava prevista para se encerrar no mês de maio, mas agora foi prorrogada para setembro. 

O grupo prioritário é composto por 77,2 milhões de pessoas. Porém, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, explicou que o atraso na aplicação das vacinas da Covid-19 ocorreu devido à falta de matéria-prima para a produção das vacinas Oxford e AstraZeneca. 

O Brasil tem sido o país mais lento na promoção da campanha de vacinação contra a Covid-19. Pelo menos, é o que diz uma apuração feita pelo The New York Times em parceria com o Our World in Data. 

O país está em quinto lugar na aplicação da vacina da Covid-19, sendo que até o momento o vacinômetro indica que apenas 11,72% da população brasileiro foi imunizada. Apenas 4,3% da população brasileira já recebeu a primeira e a segunda dose da vacina.

Na oportunidade, o Ministério da Saúde informou que o comunicado sobre a vacinação já foi 100% concluído no que compete às cinco categorias prioritárias. Estas são compostas por:

  • Pessoas com 60 anos de idade ou mais, institucionalizadas [que vivem em abrigos ou asilos];
  • Pessoas com deficiência institucionalizadas;
  • Povos indígenas;
  • Pessoas com 70 anos de idade ou mais; 
  • Povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Se tratando da vacinação dos profissionais da área da saúde, a aplicação da vacina da Covid-19 já atingiu 97% deste grupo. Enquanto isso, exclusivamente no caso de profissionais da saúde com idade entre 65 a 69 anos, a taxa de imunização gira em torno de 53%.

O Governo Federal informou que a vacinação contra a Covid-19 das demais categorias prioritárias após os idosos na faixa etária de 60 anos de idade, ocorrerá “em fases ainda a serem definidas, as quais serão comunicadas a estados e municípios por meio de informes técnicos”.

O próximo grupo que já começou a ser imunizado em algumas localidades é o de pessoas que possuem algum tipo de comorbidade e que tenham idade entre 18 a 59 anos. 

Ao todo, são 22 comorbidades listadas como prioridade na vacinação. É preciso mencionar que não houve a inclusão de gestantes, puérperas e lactantes no PNI, embora devam ser vacinas caso integrem algum dos grupos prioritários. 

Veja a seguir a lista completa de grupos prioritários na vacinação da Covid-19, logo após os idosos de 60 anos.

  • Comorbidades – 17.796.450 pessoas;
  • Pessoas com deficiência permanente – 7.749.058 pessoas;
  • Pessoas em situação de rua – 66.963 pessoas;
  • População privada de liberdade – 753.966 pessoas;
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade – 108.949 pessoas;
  • Trabalhadores da educação do ensino básico – 2.707.200 pessoas;
  • Trabalhadores da educação do ensino superior – 719.818 pessoas;
  • Forças de segurança e salvamento – 584.256 pessoas;
  • Forças Armadas – 364.036 pessoas;
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros – 678.264 pessoas;
  • Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário – 73.504 pessoas;
  • Trabalhadores de transporte aéreo – 116.529 pessoas;
  • Trabalhadores de transporte de aquaviário – 41.515 pessoas;
  • Caminhoneiros – 1.241.061 pessoas;
  • Trabalhadores portuários – 111.397 pessoas;
  • Trabalhadores industriais – 5.323.291 pessoas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.