Prova de vida do INSS suspensa! Até quando serviço não será obrigatório?

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou no dia 16 que a obrigatoriedade da prova de vida do INSS fica suspensa até o mês de junho. A normativa foi publicada no Diário Oficial da União, e altera o último calendário divulgado no fim de fevereiro.

Prova de vida do INSS suspensa! Até quando serviço não será obrigatório?
Prova de vida do INSS suspensa! Até quando serviço não será obrigatório? (Imagem: montagem/FDR)

Com o anúncio, os aposentados e pensionistas não precisarão fazer a prova de vida do INSS até o dia 31 de maio. A partir dessa data a comprovação de vida volta a ser exigida. Diante disso, os benefícios não poderão ser bloqueados até o final do próximo mês.

A prova de vida do INSS é realizada anualmente e visa evitar fraudes e pagamentos indevidos. As instituições financeiras, responsáveis pelo pagamento do benefício, realizam a comprovação.

Os aposentados e pensionistas do INSS, geralmente, fazem a comprovação de vida no mês de seu aniversário ou do pagamento. Essa é uma estratégia usada pelos bancos, para que não haja esquecimento por parte dos beneficiários.

Desde o ano passado, o INSS proibiu o cancelamento e bloqueio de pagamentos por falta da prova de vida. Isso porque, a comprovação ficou paralisada devido à pandemia e o alto risco de expor os segurados.

A maior parte dos aposentados e pensionistas do INSS faz parte do grupo de risco. Por esse motivo, não foi exigida a prova de vida dos meses durante os meses de enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Com a 2ª onda da doença e com o agravamento de contaminação e morte pelo vírus, o Instituto prorrogou o prazo para a realização da prova de vida do INSS. Até o momento, os beneficiários deveriam comparecer aos bancos a partir do próximo mês.

Porém, com o atraso no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 e com o aumento de casos foi divulgada uma nova normativa. Essa altera a última data e prorroga o prazo da prova de vida para até o dia 31 de maio.

Com isso, só a partir do mês de junho é que os beneficiários terão que comparecer a convocação da prova de vida. Diante disso, o governo elaborou  uma maneira de fazer essa comprovação de forma remota. O programa está funcionando desde o mês de fevereiro, porém, em forma de teste.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.