Suspenso! Prova do Censo 2021 com 204 mil vagas de emprego não vai acontecer

Nesta terça-feira, 6, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirmou a suspensão das provas referentes aos concursos para o Censo 2021. A decisão irá afetar a oferta de 204 mil vagas, sendo 181.898 para recenseador e 22.409 para agente censitário municipal e supervisor.

Suspenso! Prova do Censo 2021 com 204 mil vagas de emprego não acontecerá
Suspenso! Prova do Censo 2021 com 204 mil vagas de emprego não acontecerá. (Imagem: Reprodução Qconcursos)

A decisão foi tomada mediante a aprovação pelo Congresso Nacional no que compete ao Plano Orçamentário de 2021.

Este ano houve a redução de R$ 71 milhões no valor que normalmente era destinado ao custeio desta pesquisa, sendo que a quantia acordada era de R$ 2 bilhões.

No entanto, até agora o texto do Orçamento de 2021 ainda não foi sancionado pelo presidente, Jair Bolsonaro. 

Conforme declarado pelo próprio instituto, a quantia não é viável para financiar o Censo 2021. Por esta razão, o IBGE decidiu suspender as provas objetivas dos concursos fortemente divulgados nos últimos dias. Estes promoviam vagas para agente censitário e recenseador, com previsão para serem aplicadas nos dias 18 e 25 de abril, respectivamente. 

Até o momento não foi possível estabelecer novas datas para a realização do concurso que viabiliza o Censo 2021, pois este fator depende da disponibilização de recursos.

Neste sentido, o IBGE informou em nota que “avaliará com o Cebraspe [organizador do concurso] um novo planejamento para a aplicação das provas, a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”

É válido dizer que os concursos que seriam promovidos pelo IBGE ofereciam 204.307 vagas temporárias para a execução do Censo 2021. Entre os cargos anunciados haviam salários na faixa média de R$ 2.100, com oportunidades para todos os municípios brasileiros. 

Veja a seguir os detalhes sobre as vagas ofertadas:

  • 181.898 vagas para a função de Recenseador: remuneração por produção, de acordo com o número de domicílios visitados e questionários respondidos;
  • 5.450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal: salário de R$ 2.100;
  • 16.959 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor: salário de R$ 1.700.

Destacando que, para o cargo de recenseador era preciso ter o ensino fundamental completo. Enquanto isso, para as demais vagas a exigência eram do ensino médio completo.

Sendo que, as vagas seriam distribuídas entre 3.929 municípios brasileiros para a função de agente censitário, enquanto outras 5.297 cidades disponibilizariam vagas para a função de recenseador. 

A expectativa inicial era para que se o concurso pudesse ser realizado nas datas previstas ainda este mês, que as contratações ocorressem até o dia 31 de maio para os agentes censitários.

O prazo final para contratações no caso dos recenseadores seria até o mês de julho, para que a pesquisa do Censo 2021 pudesse ter início em agosto deste ano. 

A previsão era para que a pesquisa do Censo 2021 chegasse até 71 milhões de endereços em 5.570 municípios brasileiros, atingindo um total de 213 milhões de habitantes entre o período de agosto a outubro de 2021.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.