Concurso do IBGE é adiado e pesquisa do Censo ganha nova data

Nesta terça-feira (17), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), informou que a realização do Censo Demográfico foi adiada para o ano de 2021, por conta do avanço da pandemia do coronavírus. Por consequência, também foi suspendida a realização do concurso do IBGE. 

Concurso do IBGE é adiado e pesquisa do Censo ganha nova data
Concurso do IBGE é adiado e pesquisa do Censo ganha nova data (Imagem:Reprodução/Google)

De acordo com o IBGE, o próximo Censo terá como data de referência 31 de julho de 2021. A coleta de dados será realizada entre 1° de agosto e 31 de outubro do próximo ano. 

Leia também: Seletivas IBGE: saiba quais as funções do recenseador e como se candidatar

O concurso do IBGE teria 208 mil vagas para a realização do levantamento, mas foi suspenso. Aqueles que fizeram a inscrição serão reembolsados.

O Censo Demográfico é feito a cada 10 anos e tem abrangência nacional. Pesquisadores do órgão vão até os domicílios pelo país para obter dados sobre as características dos moradores, nível de estudo, trabalho e outras informações.

Em nota, o IBGE comunicou “A decisão (de adiar para 2021) leva em consideração a natureza de coleta da pesquisa, domiciliar e predominantemente presencial, com estimativa de visitas de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios em todo o território nacional”.

Segundo o órgão, a suspensão da pesquisa também leva em conta a impossibilidade de realizar o treinamento necessário para quem participaria da coleta dos dados. A primeira etapa do Censo estava prevista para acontecer em abril. Em julho, os treinamentos seriam realizados em polos regionais. 

De acordo com o IBGE, o orçamento que seria destinado para a realização do Censo, será transferido para o Ministério da Saúde para combater o avanço do coronavírus.

“Em contrapartida, no próximo ano, o Ministério da Saúde realocará orçamento no mesmo montante com vistas a assegurar a realização do Censo pelo IBGE”, garantiu a instituição.

O orçamento inicial para a pesquisa era de R$2,3 bilhões. A quantia de recursos que passou a ser empregada abriu uma discussão no ano passado.

Com a crise fiscal, o valor teve de ser reduzido em 25% em relação ao que estava inicialmente previsto. Com a verba reduzida, o número de perguntas no questionário foi de 32% a menos.

Leia também: Auxílio doença do INSS: Você precisa saber disso antes de pedir

O IBGE informou a suspensão das visitas domiciliares para a coleta de informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad). O órgão estuda alternativas para manter a realização da pesquisa sem necessidade de fazer visitas domiciliares.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA