Inscrição do concurso do Censo 2021 abre nesta terça-feira (23); veja como participar

IBGE abre concurso público com mais de 200 mil vagas. A partir desta terça-feira (23), estão abertas as inscrições para quem quiser se candidatar ao Censo 2021. Os interessados podem ocupar as funções de agente censitário municipal ou supervisor e trabalhar ainda como recenseador. Os salários são a partir de R$ 1.700 e as candidaturas devem ser feitas online.

Inscrição do concurso do Censo 2021 abre nesta terça-feira (23); veja como participar (Foto Reprodução Google)
publicidade

Se você estava esperando por alguma seleção do IBGE fique atento pois essa pode ser a sua oportunidade. Até o próximo dia 15 o instituto estará recebendo as inscrições de seu novo concurso com mais de 204.307 vagas em todo o país.

Requisitos e processo de inscrição pelo IBGE

Para poder se candidatar é preciso ter o ensino médio completo. Basta preencher o formulário presente no site até o próximo dia 15, e selecionar entre as vagas de seu interesse.

Para agente censitário as oportunidades são:

  • 450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal: salário de R$ 2.100.
  • 959 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor: salário de R$ 1.700

Aqueles que forem atuar em âmbito municipal deverão atuar na gerencia dos postos de coleta ao longo de todo o Censo Demográfico entre ano. Para isso a pesquisa contará com duas linhas de ações:

  • Administrativas – controle e gestão dos recursos humanos e materiais do Posto de Coleta;
  • Técnico-operacionais – gestor de uma equipe de Agentes Censitários Supervisores e recenseadores em que acompanhará e orientará a Coleta de Dados.

Jornada de trabalho dos agentes

  • Quem for selecionado deverá trabalhar por 40 horas semanais, sendo 8 horas por dia. Além do salário acima, há ainda a concessão do auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais.

Cargo de recenseador

Para quem for atuar como recenseador ficará responsável pela coleta de dados feitas nas entrevistas com os moradores. O tempo de contrato deve ser de até três meses, com possibilidade de prorrogação a depender do encerramento do Censo. O salário será calculado levando em consideração:

A remuneração dos recenseadores será calculada com base:

  • no número de unidades visitadas;
  • taxa de remuneração dos setores censitários;
  • número de questionários respondidos;
  • número de pessoas recenseadas

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.