Aposentados do INSS terão reajuste surpreendente no salário a partir deste mês

Com o reajuste do salário mínimo de 2021 para R$ 1.100, os aposentados do INSS também terão reajuste no valor recebido a partir deste mês. O aumento foi de R$ 55, ou seja, 5,26% a mais do que era pago em 2020 (1.045).

publicidade
Aposentados do INSS terão reajuste surpreendente no salário a partir deste mês
Aposentados do INSS terão reajuste surpreendente no salário a partir deste mês (Imagem: Reprodução/Google)

O aumento do salário mínimo para R$ 1.100 foi anunciado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no final de 2020 e superou todas as expectativas antes propostas pelo governo.

Esse aumento é devido à melhora da economia no país, após vários meses de crise por causa da pandemia de Covid-19, que teve seu início no Brasil no mês de março. A retomada gradual da economia veio após a flexibilização das restrições sociais e a abertura do comércio.

publicidade

O reajuste está acima da inflação que fechou o ano em 4,3%. Com isso, este é o primeiro ano, após dois anos consecutivos em que o reajuste era com base na inflação, que o piso nacional terá um ganho real, mesmo que seja de 0,9%.

O pagamento dos aposentados do INSS que recebem até um salário mínimo é com base no piso nacional. Com isso, o reajuste anual também afeta os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social que passarão a receber mais R$ 55.

Dessa maneira, quem recebe até um salário mínimo passará, a partir deste mês, a receber R$ 1.100. Porém, quem recebe mais que o piso nacional terá um reajuste com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Esse índice tem como intuito a correção do poder de compra do piso nacional, com base nas famílias com rendimentos de 1 a 5 salários mínimos e o preço da cesta de consumo. No acumulado de 2020, o índice teve uma alta de 3,93%.

Diante desse cenário, a expectativa é que os beneficiários que recebem mais de um salário terá um reajuste em torno de 4%, ou seja, será inferior aos outros segurados. É importante destacar que o INPC também é usado para definir o teto pago pelo INSS.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Sendo assim, o valor máximo pago pelo Instituto passará de R$ 6.101,06 para R$ 6.345,10. Porém, o Ministério da Economia prevê uma alta de 4,11% no INPC. Caso isso, o ocorra o teto terá um reajuste de 4,10% passando para R$ 6.351,20.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.