Salário mínimo 2021: Lista de programas federais que mudaram com atualização do piso

Nos últimos dias de 2020 o presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou o valor do salário mínimo 2021. Com o reajuste de mais de 5%, os benefícios que seguem tal valor como piso de pagamento também terão mudança.

Salário mínimo 2021: Lista de programas federais que mudaram com atualização do piso
Salário mínimo 2021: Lista de programas federais que mudaram com atualização do piso (Imagem: Montagem/FDR)

O salário mínimo 2021 de R$ 1.100 foi anunciando por Bolsonaro no dia 30 de dezembro de 2020. Com isso, apresentou um aumento de 5,26%, o que equivale a R$ 65. Esse valor é maior que a inflação que ficou em 4%.

Dessa maneira, o reajuste do salário mínimo foi maior que o previsto durante o ano graças à recuperação da economia brasileira diante da pandemia de Covid-19. Essa recuperação é devido a diversos fatores criados pelo governo e de atitude da população.

Exemplo disso foi o programa de Redução de Salário e Jornada de Trabalho que garantiu o pagamento de quase 10 milhões de trabalhadores.

Além disso, o auxílio emergencial, não só ajudou a população mais carente, mas também levantou a economia brasileira.

Já entre a população, a atitude de se reinventar durante a pandemia fez com que muitos brasileiros começassem o próprio negócio e aderisse ao regime de contribuição direcionado para o Microempreendedor Individual.

Programas Federais que mudam com o reajuste do salário mínimo 2021

O salário de R$ 1.100 está valendo desde 1º de janeiro de 2021 e, com o reajuste, muitos benefícios e programas federais também tiveram alterações no valor. O primeiro que podemos citar são as aposentadorias, pensões e auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Com isso, quem recebia um salário mínimo passará a receber R$ 1.100. Outra mudança é o valor do teto pago pelo INSS que passa a ser R$ 6.351,20 e o valor limite que pode ser levado à Justiça que passa a ser R$ 66 mil, o que equivale a 60 salários mínimos.

Outros pagamentos que terão reajuste serão o Abono Salarial, com o mínimo aa ser recebido de R$ 92 e máximo de R$ 1.100, e o seguro desemprego.

Por fim, o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), pago pelo MEI, também mudará:

Atividade MEI / Imposto INSS ICMS/ISS Valor mensal do DAS
Comércio e Industria / ICMS R$ 55,00 R$ 1,00 R$ 56,00
Serviços / ISS R$ 55,00 R$ 5,00 R$ 60,00
Comércio e Serviços / ICMS e ISS R$ 55,00 R$ 6,00 R$ 61,00

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.