Descubra como salário mínimo impacta no pagamento da sua aposentadoria em 2021

No final de 2020 o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), anunciou o novo valor do salário mínimo para R$ 1.100. Com isso, as aposentadorias e pensões do INSS que têm como base o salário mínimo, também terão reajuste.

publicidade
Descubra como salário mínimo impacta no pagamento da sua aposentadoria esse ano
Descubra como salário mínimo impacta no pagamento da sua aposentadoria esse ano (Imagem: Reprodução/Google)

O aumento no valor da proposta do salário mínimo deste ano vai de acordo com a inflação que teve aumento nos últimos meses do ano, como reflexo da pandemia de Covid-19. Com isso, o novo valor tem impacto nas aposentadorias, pensões e auxílios pagos pelo INSS.

Segundo o Instituto Nacional do Seguro Social, sete em cada dez beneficiários da Previdência Social recebem o piso e, por esse motivo, terá um reajuste no mesmo valor. Dessa maneira, 70% dos pagamentos realizados pelo Instituto terão reflexo na mudança do valor.

publicidade

O reajuste nos benefícios será de 5,26%, assim como no salário mínimo que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100. Esse será um ano com um reajuste que apresenta um ganho real após dois anos com aumentos apenas com base na inflação.

Isso significa que o aumento ficou 0,9% acima da inflação. Mesmo sendo pouco, os brasileiros têm motivos para comemorar, já que, mesmo diante de uma pandemia e uma crise econômica, conseguiu terminar o ano com um saldo positivo na criação de empregos e no reajuste do salário mínimo.

O aumento do piso salarial começa a valer a partir deste mês, porém, por meio de Medida Provisória que deve passar por aprovação no Congresso Nacional. Esse aumento não é válido para quem recebe mais que um salário mínimo.

Neste caso o reajuste depende do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), ou seja, será menor do que o com base no piso salarial. No acumulado de 2020, o índice teve uma alta de 3,93%, porém, o Ministério da Economia prevê uma alta de 4,11%.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Diante disso, o reajuste para os demais benefícios que recebem mais que um salário será em torno de 4%. Esse índice também é usado para definir o teto do INSS. Sendo assim, caso fique em torno de 4,10%, o teto pago passará a ser de R$ 6.351,20.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.