PIX vai substituir emissões de boletos por QR Code? Veja aqui!

No fim de outubro, o Banco Central anunciou uma nova funcionalidade no sistema de pagamentos PIX. O chamado “PIX Cobrança” será uma alternativa ao boleto bancário e poderá ser usado por lojistas, fornecedores, prestadores de serviços e outros usuários. Os pagamentos por QR code poderão ser futuros ou imediatos. 

Sistema Pix começa a operar na próxima semana para público restrito
PIX vai substituir emissões de boletos por QR Code? Veja aqui! (Imagem: Markus Winkler/Unsplash)

Tudo vai funcionar por meio de um QR Code para pagamentos, o que vai substituir o tradicional código de barras contido nos boletos que já conhecemos. Segundo o Banco Central, a nova função de pagamentos poderá ser emitida em pontos de venda ou até mesmo nos comércio eletrônicos.

A nova funcionalidade vai permitir que sejam incluídas mais informações além do valor da cobrança em si. Com o sistema, os usuários vão poder também gerar QR codes para receber pagamentos direto em suas contas.

“Neste caso, é possível configurar outras informações além do valor, como juros, multa, descontos. É uma funcionalidade parecida com o que ocorre hoje com o boleto”, afirmou o Banco Central em nota.

Assim como os boletos normais, o QR code de pagamentos do sistema poderá ter uma data de vencimento ou limite. Com isso, também haverá cobrança de juros e multa no caso do pagamento ser efetuado após a data de vencimento. 

Ainda de acordo com o Banco Central, “o envio de pagamentos é gratuito e ilimitado para as todas as pessoas físicas, empresários individuais e MEIs. Aos que adotarem o Pix para fins comerciais, poderão ser tarifados no recebimento da transação. São dois os critérios que configuram a atividade comercial e, portanto, passíveis de tarifação: recebimento da transferência por QR Code Dinâmico; recebimento de mais de trinta transações com Pix no mês, por conta. Neste caso, a tarifa pode ser praticada a partir da 31ª transação”.

Funcionamento do PIX Cobrança

A função de pagamentos imediatos vai estar disponível a partir do lançamento do PIX, que acontece em 16 de novembro. Os pagamentos futuros, que apresentam data de vencimento, serão ofertados mais para frente.

O Banco Central ainda não deu mais informações de como o PIX Cobrança vai funcionar. Mas, já conseguimos imaginar que será associado junto ao aplicativo do banco no qual você já cadastrou as suas chaves de acesso PIX.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.