Bolsonaro faz análise polêmica sobre valor pago no salário mínimo

O presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido) declarou que “O salário mínimo é pouco para quem recebe e muito para quem paga”. A declaração aconteceu na quarta-feira (28), no Jardim do Palácio da Alvorada, em reunião com simpatizantes do governo Bolsonaro.

Bolsonaro faz análise polêmica sobre valor pago no salário mínimo
Bolsonaro faz análise polêmica sobre valor pago no salário mínimo (Imagem: Reprodução/Google)

Durante uma conversa com apoiadores na noite de quarta-feira (28) o presidente Bolsonaro declarou que a mão de obra no Brasil “é a mais cara do mundo”, sendo difícil ser patrão no país e completou que o “salário mínimo é pouco para quem recebe e muito para quem paga”.

O chefe do Executivo declarou “Quanto custa a mão de obra no Brasil? Quem é patrão aqui? Você sabe o que é ser patrão, né? É muito bacana você falar: meus direitos. Agora, vai ser patroa, é a mão de obra mais cara do mundo. Vão dizer agora que eu sou contra o trabalhador aqui, vai publicar que eu sou contra o trabalhador”.

Durante a reunião com simpatizantes, o presidente ouviu reclamações de empresários sobre a carga tributária.

Em contrapartida, declarou o presidente, “O salário mínimo é pouco para quem recebe e muito para quem paga. Agora isso aí é escândalo na imprensa. Se os caras me virem falando isso aí… [vão dizer que sou] contra o salário mínimo”.

No início do ano, o presidente já tinha feito uma declaração parecida no seu twitter, “O nosso salário mínimo é pouco para quem recebe e muito para quem paga. Uma eterna discussão entre direitos e deveres”.

Além disso, citou o reajuste mínimo na Venezuela, de 66% (equivalente a R$ 15) e completou “ninguém de Roraima [está] fugindo para a Venezuela, milhares de socialistas brasileiros indo curtir férias nos Estados Unidos”.

As declarações foram feitas quando se deu o início das discussões sobre o reajuste do salário mínimo para 2021. Além das reclamações sobre o salário mínimo, na reunião com empresários apoiadores do governo, foi discutida a recuperação da economia durante a pandemia.

O presidente falou das medidas adotadas pela sua equipe, com o intuito de ajudar o país a se reerguer economicamente, após a pandemia de Covid-19. Além disso, ouviu as dificuldades encontradas pelos empresários durante o período de calamidade pública.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.