PIX: Passo a passo para criar sua chave no banco de confiança

O Banco Central permitiu que as pessoas realizem o cadastro no PIX de até cinco chaves associadas em uma conta bancária. O PIX é o novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas e gratuitas.

PIX: Passo a passo para criar sua chave no banco de confiança
PIX: Passo a passo para criar sua chave no banco de confiança (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

As chaves permitem que o usuário utilize a forma de pagamento sem precisar fornecer outros dados de identificação.

Por esse motivo, será uma forma de pagamento mais rápido e prática para os usuários que aderirem.

De acordo com o Banco Central, os pagamentos ou transações bancárias podem ser feitas através dos aplicativos dos bancos ou pagamentos para telefone ou pelo internet banking em computadores.

O que são as chaves PIX?

Os quatro tipos de chaves Pix que poderão ser cadastradas são:

  1. Número de CPF/CNPJ;
  2. Endereço de e-mail;
  3. Número do telefone celular
  4. EVP (sequência alfanumérica de 32 dígitos que, após solicitação do cliente ao seu banco, será enviada pelo Banco Central à instituição, e com ela será possível criar um QR Code, sem necessidade de ter que informar o CPF, telefone ou email a um desconhecido).

É permitido o cadastro de até cinco chaves, podendo ser o CPF, o CNPJ, o número de celular, o endereço de correio eletrônico (e-mail) ou um código de 32 dígitos gerado especificamente para o PIX (EVP).

Com isso, na hora do pagamento ou transferência bancária, basta informa a chave que o sistema irá localizar o beneficiário e efetuar a operação. Porém, caso não queira cadastrar, será necessário informar os dados bancários.

O PIX será uma forma de pagamento instantânea, que servirá todos os dias do ano, 24 horas por dia. Dessa maneira, nos fins de semana e feriados os pagamentos serão permitidos e efetuados em poucos segundos.

Segundo o Banco Central, em situações em que houver suspeita de fraude as operações bancárias podem demorar até meia hora para realizar a verificação. Caso seja constado fraude a operação será cancelada.

Com o código EVP, ou seja, o código de 32 dígitos gerado especificamente para o PIX, será possível gerar um QR Code para realizar o pagamento.

O QR Code pode ser com um valor fixo, nos casos de locais que trabalham com um preço único, ou variável, sendo necessária a criação de um novo código para cada venda.

O limite de valor das transações dependerá do perfil de cada cliente. Segundo a regulamentação do Banco Central, os limites variam de, no mínimo, 50% do valor das transferências tipo TED até o valor permitido para compras em débito. Além disso, os limites irão variar de acordo com o dia da semana e horário.

Como realizar o cadastro da chave PIX?

 A opção vai estar disponível no menu dos aplicativos bancários e no internet banking do cliente, assim como já estão outras funcionalidades, como DOC e TED.

Veja o passo a passo um exemplo de cadastro de uma chave PIX com o número do CPF e e-mail, utilizando o aplicativo do Nubank:

  • No menu inicial, escolha a opção “PIX” ou “cadastro PIX”
  • Indique quais os dados serão utilizados e clique em “confirmar”
  • Caso as informações estejam corretas, aguarde um e-mail de confirmação do banco

Pronto, agora é só aguardar o dia 16 de novembro, início oficial da ferramenta de pagamentos no Brasil.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.