Seguro-desemprego tem NOVOS VALORES divulgados; entenda mudança

A alteração no valor do seguro-desemprego acontece após a divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O índice afetar outros pagamentos também. Veja quanto você vai receber de seguro em 2024.

Seguro-desemprego tem NOVOS VALORES divulgados; entenda mudança
Seguro-desemprego tem NOVOS VALORES divulgados; entenda mudança (Imagem: FDR)

Na última quinta-feira, 11, o Ministério do Trabalho e Emprego divulgou o como ficam as faixas de renda e os valores do seguro-desemprego em 2024. Para calcular o reajuste o ministério utilizou o INPC acumulado de 2023.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor foi divulgado pelo IBGE também na última quinta.

Novo valor do seguro-desemprego

  • Para os trabalhadores que recebiam um salário mínimo o reajuste seguirá o do piso salarial nacional.
  • Ou seja, para eles o valor do seguro desemprego será de R$ 1.412.
  • Para aqueles que tinham salários de R$ 3.402,65 antes da demissão, o seguro-desemprego será de R$ 2.313,74.
  • O seguro é pago ao trabalhador que foi dispensado sem justa causa, inclusive dispensa direta.
  • Ou para quem teve o contrato de trabalho suspenso para participação em curso ou programa de qualificação oferecido pelo empregador.
  • Para o pescador no período do defeso.
  • Ou ainda para o trabalhador resgatado de condições análogas à escravidão.

Tabela do Seguro-Desemprego 2024

Confira abaixo a tabela divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego:

Faixas de Salário Médio necessárias ao Cálculo do Seguro-Desemprego Cálculo da Parcela
  • até R$ 2.041,39
  • multiplica-se o salário médio por 0,8
  • de R$ 2.041,40 até R$ 3.402,65
  • o que exceder a R$ 2.041,39 multiplica-se por 0,5 e soma-se com R$ 1.633,10
  • acima de R$ 3.402,65
  • o valor será invariável de R$ 2.313,74

Quantidade de parcelas do Seguro-Desemprego

Para a primeira solicitação

  • Quatro parcelas: para quem trabalhou de 12 a 23 meses nos últimos 36 meses
  • Cinco parcelas: para quem trabalhou no mínimo 24 meses nos últimos 36 meses

Para a segunda solicitação

  • Três parcelas: para quem trabalhou de 9 a 11 meses nos últimos 36 meses
  • Quatro parcelas: para quem trabalhou de 12 a 23 meses nos últimos 36 meses
  • Cinco parcelas: para quem trabalhou no mínimo 24 meses nos últimos 36 meses

Para a terceira solicitação

  • Três parcelas: para quem trabalhou de 6 a 11 meses nos últimos 36 meses
  • Quatro parcelas: para quem trabalhou de 12 a 23 meses nos últimos 36 meses
  • Cinco parcelas: para quem trabalhou no mínimo 24 meses nos últimos 36 meses

Para saber como solicitar o seguro, clique aqui.

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.