Titular do seguro-desemprego é SURPREENDIDO com o valor da sua mensalidade

Desde o início do ano, o governo Lula vem aplicando uma série de mudanças que impactam diretamente na vida dos brasileiros. Desta vez, o ajuste foi realizado no seguro-desemprego, benefício cedido aos brasileiros que acabam sendo demitidos e precisam de um suporte imediato para arcar com as contas.

Gasolina mais cara? Entenda porque Lula não REDUZIU o preço dos combustíveis
Titular do seguro-desemprego é SURPREENDIDO com o valor da sua mensalidade (Imagem: FDR)

O seguro-desemprego é um benefício cedido pelo governo Lula para todos aqueles trabalhadores que exercem a sua profissão sob regime CLT, ou com a carteira de trabalho assinada. Esta é uma forma que o governo federal tem de garantir a segurança financeira do cidadão após um período difícil, que é a demissão.

Desta forma, o seguro-desemprego é apenas um de alguns benefícios que são cedidos para os trabalhadores formais. Poderíamos citar também o 13º salário, as férias remuneradas, jornadas de trabalho definidas e o conhecido Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). 

O FGTS tem o intuito de ser a poupança do trabalhador. Isto porque no caso dos trabalhadores formais, 8% do seu salário é abatido para ser depositado em sua conta do Fundo. Ele só poderá ser sacado em situações de demissão sem justa causa ou, caso opte, poderá ser sacado somente no mês do seu aniversário.

O Saque-Aniversário é permitido pelo governo, mas está em processo de ser extinto. A modalidade foi criada durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), mas o atual Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, não é bastante favorável com o saque. Porém, algo positivo para os brasileiros é que o seguro-desemprego terá um ajuste aplicado.

Qual será a mudança no seguro-desemprego?

Da mesma forma que o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o PIS/PASEP e a aposentadoria, o pagamento do seguro-desemprego tem como base o valor do salário mínimo vigente. Ou seja, o valor pago aos beneficiários dos programas citados acima utilizam o salário mínimo como parâmetro.

Em 1º de maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou que o valor do salário mínimo nacional foi reajustado para R$1.320. Desta forma, uma série de benefícios, como o seguro-desemprego, também foram ajustados. Com isso, as pessoas que tiveram acesso ao suporte já terão um valor ampliado aprovado.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.
Sair da versão mobile