Pizzaria contorna PIX FALSO de maneira CRIATIVA

Na última segunda-feira (25), um dono de uma pizzaria da Zona Leste de Teresina decidiu aplicar uma “trollagem” em um golpista. O criminoso passou um PIX falso e o proprietário enviou ao suposto cliente uma pizza e um refrigerante falso.

publicidade
Pizzaria contorna PIX FALSO de maneira CRIATIVA
Pizzaria contorna PIX FALSO de maneira CRIATIVA (Imagem: Montagem / FDR)

A “trollagem” foi filmada e postada no grupo de empreendedores da região. Segundo o proprietário, Robson Costa, o criminoso já havia aplicado o golpe do PIX falso gerando um prejuízo de R$ 300.

Diante disso, ele e sua equipe ficaram mais atentos para evitar novos golpes, só entregando o pedido após a confirmação do pagamento. Segundo Robson, esse incidente ocorreu pela primeira vez, após 12 anos da pizzaria aberta.

publicidade

Na segunda-feira (25), o proprietário notou no aplicativo bancário a chegada de dois PIX de R$ 0,01 (um centavo), deixando-o desconfiado. Em seguida, a atendente informou que não estava conseguindo conferir a transferência bancária de um dos clientes.

Ao comparar o comprovante com a transferência recebida, Robson percebeu que o documento era falso. O golpista adulterou o documento, editando o valor de R$ 0,01 para R$ 55, valor cobrado pela pizza.

Pizza sem recheio e suco com sal pago com PIX falso

Robson desconfiou que o pedido estava sendo feito pelo mesmo homem que já havia aplicado o mesmo golpe. Com isso, ele e sua equipe resolveram fazer uma “brincadeira” entregando uma pizza sem recheio e um suco com sal.

Segundo Robson, a pizzaiola sugeriu mandar só a massa seca. Na caixa ela escreveu o nome PIX fake. Para o refrigerante foi utilizada uma garrafa vazia, na qual foi preenchida com suco em pó. Porém, o entregador lembrou que o criminoso poderia beber o suco e surgiu a ideia de colocar sal.

O entregador informou ao patrão que o endereço e as características físicas eram semelhantes às do homem que tinha aplicado o golpe anteriormente. Ao receber o pedido, o criminoso disse por WhatsApp que não tinha entendido a entrega.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Após perceber que tinha sido pego, explicou que roubou para comer. Além disso, disse que não tinha feito por maldade, mas em seguida, bloqueou a pizzaria. Porém, ao divulgar a história no grupo, outro empresário informou que o homem tentou aplicar o mesmo golpe com pedidos de cerveja.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.