FGTS pode passar a ser sacado pelo trabalhador que PEDIR DEMISSÃO; entenda o projeto

Atualmente, para ter acesso ao saque integral do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), o trabalhador tem de ser demitido sem justa causa. Caso contrário, a sua conta do fundo de garantia fica inativa é somente poderá ser acessada em outro momento. Um projeto analisado na Câmara dos Deputados pretende alterar essa regra.

publicidade
FGTS pode passar a ser sacado pelo trabalhador que PEDIR DEMISSÃO; entenda o projeto
FGTS pode passar a ser sacado pelo trabalhador que PEDIR DEMISSÃO; entenda o projeto (Imagem: FDR)

O Projeto de Lei 1747/22 é de autoria do deputado Laercio Oliveira (PP-SE), e pretende mudar as regras de acesso ao FGTS. No texto o deputado sugere que o empregado que pediu demissão possa ter acesso ao valores que estão somados em sua conta do fundo de garantia.

Não é justo que o trabalhador arque com o custo da rescisão. O empregado sem acesso imediato ao seu FGTS e sem o seguro-desemprego, que foram adquiridos com o exercício do seu trabalho, fica sem poder exercer um direito consolidado”, justifica o deputado Oliveira.

publicidade

Ao defender o seu projeto, o deputado ainda diz que caso a lei seja aprovada, empregado e empregador serão tratados de forma igual. Já que hoje, por não ter acesso ao fundo de garantia na demissão, apenas o empregador é beneficiado com o pedido de demissão do funcionário.

Quando pede demissão, o trabalhador tem direito aos seguintes benefícios:

Ao ser demitido sem justa causa, no entanto, o funcionário pode solicitar o seguro desemprego que lhe garante até cinco parcelas de auxílio. Poderá sacar integralmente o FGTS que foi acumulado durante o período de atuação na empresa, e ainda a multa de 40% sobre este saldo acumulado.

Quando o trabalhador pode fazer o saque do FGTS

Mensalmente há depósito de 8% do salário do trabalhador na conta do fundo de garantia. No entanto, o valor somente pode ser acessado em situações específicas, por exemplo:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • Saque integral na demissão sem justa causa;
  • Saque integral no caso de aposentadoria;
  • Saque integral caso seja comprovada doença grave;
  • Uso do saldo para financiamento da casa própria;
  • Saque aniversário que libera parte do saldo uma vez ano;
  • Saque extraordinário que libera valor de até R$ 1 mil.
publicidade

A consulta ao saldo do fundo de garantia pode ser feito por meio do aplicativo FGTS, informando o CPF do trabalhador e criando uma senha.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.