Imposto de Renda 2022: Governo espera entrega de mais de 34 milhões de declarações

A Receita Federal espera receber 34,1 milhões de declarações do Imposto de Renda este ano, mesma quantidade recebida no ano passado. Na quinta-feira (24), foram divulgadas as regras para fazer a declaração.

O período para entrega do documento começa em 7 de março, às 8h, e vai até 29 de abril, às 23h59. O prazo será mais curto que em 2021, quando houve prorrogação devido à pandemia.

Este ano, os contribuintes que tiverem status ouro ou prata na conta gov.br poderão utilizar a declaração pré-preenchida. Ela já dispõe de diversas informações importantes e agiliza o procedimento. O modelo pré-preenchido estará disponível a partir do dia 15 de março.

Outra novidade é a necessidade de informar os dados, como e-mail e número de telefone, dos dependentes do contribuinte.

O contribuinte também poderá informar uma chave PIX, por meio da qual poderá pagar o imposto e receber a restituição, caso haja.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

Deve fazer a declaração quem teve os seguintes rendimentos em 2021:

  • Rendimentos tributáveis do tipo salários, aposentadorias, pensões e alugueis maiores que R$ 28.559
  • Outros tipos de rendimentos, incluindo não tributáveis, acima de R$ 40 mil
  • Renda de investimentos, como ações
  • Patrimônio acima de R$ 300 mil em 31 de dezembro
  • Renda de atividades rurais acima de R$ 142.798,50

O Auxílio Emergencial só precisará ser declarado se ele, somado aos outros rendimentos, exceder o limite de R$ 28.559.

Veja aqui a lista de documentos que devem ser entregues.

Por onde entregar declaração?

A declaração deve ser feira pelo portal e-CAC ou nos aplicativos Meu Imposto de Renda, disponíveis para computador, celular e tablet. O contribuinte poderá fazer o procedimento de qualquer plataforma. Poderá começar no site e terminar no aplicativo do celular, por exemplo.

Como pagar o imposto de renda 2022?

Depois de fazer a declaração, você deve imprimir o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), que será usado no pagamento. Este ano, é possível pagar por PIX.

Também será possível parcelar o valor em até 8 vezes, desde que cada parcela seja maior que R$ 50 e o valor total seja maior que R$ 100.

Quando será feita a restituição?

Os lotes de restituição ocorrerão em 30 de maio, 30 de junho, 29 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro. No primeiro lote, em 30 de maio, serão atendidos exclusivamente idosos acima de 60 anos, portadores de deficiência ou moléstia grave e aqueles que têm a maior parte da renda proveniente de magistério. Nos lotes seguintes, a ordem de envio da declaração será o critério adotado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.