IPVA 2022: boleto falso circula em vários estados; saiba como não cair no golpe

Os golpes financeiros estão cada vez mais sofisticados e apresentam novas modalidades a cada dia. Atualmente, é grande o número de relatos sobre golpes e fraudes envolvendo o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotivos) em todo o país.

Boletos falsos de cobrança do imposto estão sendo enviados por WhatsApp, e-mail e SMS, geralmente oferecendo descontos bem atrativos para os contribuintes. Os criminosos também criam sites fraudulentos, onde as senhas fornecidas podem ser usadas para retirar dinheiro de contas bancárias e cartões de crédito.

Além disso, as mensagens enviadas pelos golpistas podem conter links perigosos, contendo vírus. É por isso que a recomendação dos especialistas é excluir as mensagens assim que recebê-las, sem clicar em nada dentro delas.

Nem o Detran, nem as secretarias estaduais de fazenda, que são os órgãos responsáveis pelo IPVA, enviam boletos ou oportunidades de desconto por WhatApp, e-mail ou SMS. Apenas os boletos físicos são enviados pelo correio e, em alguns estados, apenas a versão eletrônica, emitida pelo próprio contribuinte, está disponível.

Criminosos também podem criar sites similares aos utilizados pelas secretarias de fazenda e pelo Detran para ludibriar os cidadãos. Nesse caso, é importante verificar se o site é mesmo do órgão. Basta fazer uma rápida pesquisa na internet e comparar o site oficial com o site duvidoso, especialmente o endereço que aparece no alto da página.

Boleto falso pelo correio

Nos últimos dias, está circulando pela internet o vídeo de um contribuinte do Distrito Federal que recebeu dois boletos diferentes do IPVA 2022. Um deles, considerado verdadeiro pelo autor do vídeo, teria um selo da Secretaria de Economia e um código de barras, enquanto o outro, que seria falso, não teria essas marcas.

A Secretaria de Economia do Distrito Federal, no entanto, informou que não há indícios de golpes envolvendo boletos falsos do IPVA e que, em caso de dúvidas, o contribuinte pode emitir a versão digital do boleto através do site do órgão.

Já os Correios, esclareceram que estão enviando dois tipos de boleto para os contribuintes, um na modalidade carta e outro na modalidade FAC, os dois com modelos de impressão diferentes.

O pagamento do IPVA deve ser feito nos bancos credenciados. Em alguns casos, dá para pagar sem o boleto, apenas escolhendo a opção no caixa eletrônico, app ou internet banking e informando o Renavam do veículo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.