Carnaval de São Paulo deve acontecer e contará com investimento bilionário

O Carnaval de Rua de São Paulo recebeu uma proposta de investimento de R$ 23 milhões durante a sessão de pregão presencial de licitação, na última segunda-feira (8). A proposta foi apresentada pela CBRS S.A, parceira oficial do evento.

Esse será o maior investimento que o Carnaval de Rua de São Paulo já recebeu. Em 2020, o município recebeu R$ 21,9 milhões de patrocínio. Em 2019, o valor recebido para o evento, por parte de investidores, foi de R$ 16,1 milhões.

A empresa que realiza o investimento tem o direito de exploração publicitária no Carnaval de Rua de São Paulo. Sendo assim, as propagandas estarão presentes em todos os lugares e objetos utilizados, como:

  • Banheiros químicos;
  • Painel de programação;
  • Pórtico;
  • Galhardete;
  • Torre tríade para sinalizar local de encontros dos foliões;
  • Caixa de isopores portáteis e similares;
  • Placas para sinalização de locais de concentração;
  • Infláveis.

O Carnaval 2022 acontecerá após o cancelamento do ano passado, devido á pandemia de Covid-19. Por esse motivo, é grande a expectativa para que o evento acontecer no próximo ano.

O evento ainda não foi definido e, segundo o secretário Municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi, a realização dependerá das aprovações dos órgãos de saúde que estão avaliando a situação da pandemia da Covid-19 na capital.

Dessa maneira, o Carnaval 2022 de São Paulo só irá acontecer, caso o cenário da doença esteja e permaneça favorável. Diante disso, o secretário afirmou que a Prefeitura de São Paulo estará preparada para realizar o evento.

Diante da proposta de investimento é esperado que o Carnaval de Rua de São Paulo 2022 seja o maior do Brasil. A expectativa é que a cidade seja dividida em polos grandes e médios, além dos caminhos pequenos. Além disso, os percursos programados para 2020 serão mantidos.

A prefeitura espera receber cerca de 15 milhões de foliões no período pré, durante e pós-carnaval. Dessa maneira, o evento se estenderá entre os dias 19 de fevereiro e só acabará no dia 6 de março.

A capital já recebeu 867 inscrições para desfiles de blocos de rua, sendo esse o maior número registrado no país para o próximo ano e o segundo maior na história da cidade. Esses serão celebrados nas regiões das 32 subprefeituras em mais de 300 trajetos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.