Conta de energia vai subir, mas mudanças básicas na casa te farão economizar

O Brasil está enfrentando a pior crise hídrica dos últimos 91 anos. Com isso, os consumidores estão pagando a conta de energia com a bandeira vermelha patamar 2. Essa foi reajustada para mais de R$ 9 no mês de junho.

Conta de energia vai subir, mas mudanças básicas na casa te fará economizar
Conta de energia vai subir, mas mudanças básicas na casa te fará economizar (Imagem: jornal integração da serra)

A conta de energia está ainda mais alta, após o reajuste da bandeira vermelha para R$ 9,49 a cada 100kw usado. Essa tarifa está sendo usada desde junho, devido à crise hídrica enfrentada pelo país.

Com os reservatórios com nível baixo e sem chuvas é preciso acionar as usinas termelétricas. Dessa maneira, a conta de energia passa a cobrar uma taxa extra para bancar a geração de energia extraordinária.

Na última quarta-feira (25), o Governo Federal anunciou um programa de premiação para os consumidores que conseguirem economizar na conta de energia.

No dia seguinte, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a taxa extra na conta de luz deverá passar por novo reajuste, devido á crise hídrica. O valor da bandeira vermelha que hoje é de R$ 9,49 a cada 100 kw gastos, será reajustada para mais de R$ 11.

De acordo com os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste estão com 22,5% da capacidade de armazenamento.

Esses reservatórios são responsáveis por 70% da capacidade de geração de energia do país. Para piorar a situação, não há previsão para chuvas fortes nessas regiões até o início de outubro.

Diante disso, os consumidores têm mais um motivo para passar a economizar no dia a dia e tentar pagar uma conta mais barata.

Como economizar na conta de luz

Ações simples fazem com que no final do mês seja economizada uma grande parte da despesa com a geração de energia. Veja as dicas:

  • Aproveitar a luz natural e evitar ligar as lâmpadas durante o dia;
  • Tirar os aparelhos eletrônicos da tomada;
  • Banhos mais rápidos: o banho quente é responsável pela maior parte do aumento na conta de luz. A dica é tomar banhos mais rápidos e, se possível, optar por banhos frios durante o dia;
  • Aquecedor: esse aparelho é outro vilão na conta de luz. A dica é usar por pouco tempo ou substituí-lo por cobertas mais quentes ou lareiras, caso possua;
  • Boiler elétrico: o aparelho responsável por manter a água da casa tem um consumo de até 346,75 kWh por mês. A dica é desliga-lo nos dias não tão frios.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.2
Total de Votos: 4

Conta de energia vai subir, mas mudanças básicas na casa te farão economizar

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA