Salário mínimo de 2022 deve alterar pagamento do PIS/PASEP a partir de janeiro

O Ministério da Economia enviou ao Congresso Nacional o valor de reajuste do salário mínimo de 2022. A previsão é que piso nacional do próximo ano seja de R$ 1.147,00. Diante disso, esse será o terceiro ano consecutivo sem ganho real e abaixo da inflação.

Salário mínimo de 2022 deve alterar pagamento do PIS/PASEP a partir de janeiro
Salário mínimo de 2022 deve alterar pagamento do PIS/PASEP a partir de janeiro (Imagem: Sulcontábil)

O valor do salário mínimo de 2022 não só defini o que os trabalhadores brasileiros irão receber no final do mês. O piso nacional também serve como base para o pagamento de diversos benefícios do Governo Federal.

O salário mínimo de 2022, sem ganho real, irá atingir diversos benefícios, como o abono salarial PIS/Pasep. Esse pagamento tem como teto o piso nacional, sendo assim, no próximo ano será de R$ 1.147,00.

Esse valor é usado para definir a quantia recebida pelos trabalhadores, conforme o tempo de trabalho. Sendo assim, o cálculo considera os meses trabalhados no ano base divididos por 12 meses.

Salário mínimo de 2022

O salário mínimo de 2022 apresentado ao Congresso não tem ganho real. Com isso, essa será a terceira vez consecutiva que o reajuste do piso não acompanha a inflação. Para definir o salário de R$ 1.147,00, o governo considerou uma inflação de 4,3%.

Porém, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) se encontra em 8,35% no acumulado de 12 meses. O reajuste salarial apresentado pelo Governo Federal está de acordo com a projeção prevista na Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO).

Desde a pose da atual gestão, liderada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o país deixou de vivenciar a politica de ganhos reais adotadas pelo PSB e PT. Diante disso, 2022 será o terceiro ano consecutivo que o piso não terá reajuste com base na inflação.

Hoje, o salário mínimo é de R$ 1.100,00, tendo sido usada à estimativa do governo sobre o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Com isso, a base de cálculo foi de 5,29%, porém, o índice fechou 2020 em 5,45%.

Mesmo tendo a estimativa superada, o Governo Federal decidiu permanecer com o valor do piso de R$ 1.100. Com isso, o salário ficou, mais uma vez, abaixo da inflação. Era esperado que o valor fosse atualizado, já que para atingir o percentual só era preciso aumentar o piso para R$ 1.102.

O reajuste anual do salário tem como objetivo garantir o poder de compra do brasileiro. Por esse motivo, deveria ser considerada a inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Salário mínimo de 2022 deve alterar pagamento do PIS/PASEP a partir de janeiro

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA