INSS anuncia atendimento presencial para casos de serviços exclusivos

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) criou um serviço para atender as demandas que não são resolvidas de forma remota. O agendamento para o novo serviço estará disponível a partir da próxima quinta-feira (15).

INSS anuncia atendimento presencial para casos de serviços exclusivos
INSS anuncia atendimento presencial para casos de serviços exclusivos (Imagem: Reprodução/ Agência Brasil)

O novo serviço do INSS é especializado para o agendamento do atendimento presencial. Porém, essa opção só será disponível para as demandas que não podem ser resolvidas pelos canais remotos.

A portaria que anuncia o novo serviço foi publicada na última segunda-feira (12) no Diário Oficial da União. Com a ferramenta será possível atender os segurados nas agências do INSS, com dia e horário marcado.

Como se trata de atendimento específico, o agendamento será feito pela Central de Atendimento do INSS pelo número 135. Dessa maneira, o atendente irá analisar a solicitação e, caso o pedido se enquadre nas situações listadas, será marcado o atendimento presencial.

Serviços disponíveis no INSS para o atendimento presencial

  • Apresentar contestação de Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário (NTEP);
  • Atendimentos solicitados por portadores de necessidades especiais (maiores de 80 anos de idade, deficiência auditiva ou visual);
  • Órgãos mantenedores inválidos que, por isso, impossibilitam a solicitação de serviços;
  • Requerimento concluído sem atendimento ao solicitado, relacionado à falha operacional não vinculada à análise do direito;
  • Consultas à consignação administrativa;
  • Casos de solicitação de retificação da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT);
  • Parcelamento ou impugnação à cobrança administrativa do MOB Presencial (Monitoramento Operacional de Benefícios Presencial);
  • Pensão especial vitalícia da pessoa portadora da Síndrome da Talidomida;
  • Pensão mensal vitalícia do seringueiro e de seus dependentes;
  • Pensão especial das vítimas de hemodiálise de Caruaru (PE);
  • Casos em que seja necessária a ciência do cidadão sobre a necessidade de inscrição no CadÚnico (registro do governo federal sobre as famílias de baixa renda, por meio do qual o cidadão pode participar de programas sociais);
  • Demais casos em que haja “impossibilidade de informação ou de conclusão da solicitação pelos canais remotos”.

Segundo o INSS o intuito é abranger todos os serviços que não estavam sendo atendimentos de forma remota, pelo Meu INSS, e precisavam ser resolvidos de forma presencial. Dessa maneira, o atendimento acontecerá com toda segurança sanitária exigida pelos órgãos de saúde.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.