Vacina da COVID-19: Em Florianópolis, novos grupos passam a ser prioritários

No dia 26, a cidade de Florianópolis recebeu um novo lote de vacina da COVID. As novas doses do fabricante Pfizer serão usadas para ampliar a imunização dos grupos prioritários. Dessa maneira, irá incluir outros grupos como os trabalhadores de educação.

Vacina da COVID-19: Em Florianópolis, novos grupos passam a ser prioritários
Vacina da COVID-19: Em Florianópolis, novos grupos passam a ser prioritários (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Atualmente, o Plano Municipal de Imunização de Florianópolis está aplicando a vacina da COVID nas pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades e de deficiência permanente grave. Com o novo lote de doses da Pfizer o município amplia esse grupo.

Dessa maneira, passa a aplicar a vacina da COVID nos trabalhadores de educação pública e privada, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, presos, pessoas em situação de rua, trabalhadores do transporte aéreo e portuário.

É importante lembrar que esses grupos foram definidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) como prioritários. Sendo assim, o município de Florianópolis, junto com sua Secretaria Municipal de Saúde, está adotando as recomendações do Governo Federal.

Na última segunda-feira (31), após o recebimento das novas doses da vacina da COVID do laboratório Pfizer foi dada o início da vacinação dos profissionais da educação da educação infantil e ensino fundamental e trabalhadores da aviação.

A aplicação das doses ocorre em pontos fixos. Sendo assim, os trabalhadores da educação estão sendo vacinados nos mesmos locais que os idosos e pessoas com comorbidades.     Os profissionais de saúde seguem sendo vacinados exclusivamente na Sead (Secretaria de Educação a Distância). São eles:

  • Beira-Mar Continental;
  • Centro de Eventos da UFSC;
  • Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira;
  • Floripa Shopping.

Esses pontos funcionam das 9h às 16h. O grupo de trabalhadores do transporte aéreo está recebendo a dose do imunizante no antigo aeroporto das 9h às 16h. Nessa categoria estão incluídos os funcionários das companhias aéreas, os funcionários do aeroporto e os trabalhadores das Esatas.

Dessa maneira, os demais profissionais que atuam no sistema de transporte aéreo, como despachantes e transportadores, não estão inclusos no grupo. Para receber a dose é necessário apresentar credencial do aeroporto (contendo Floripa Airport ou “R” – sinalizador de área restrita).

Caso não possua um dos dois documentos é possível garantir a imunização apresentando uma declaração. Essa está disponível no site do Covidômetro e deve ser preenchida com os dados solicitados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA