Vacinação da COVID-19 fica suspensa em João Pessoa após faltarem doses

A prefeitura de João Pessoa suspendeu a Campanha de vacinação da COVID-19 por falta de doses da CoronaVac. O prefeito em exercício, Leo Bezerra (Cidadania), informou que a imunização só será retorna após a chegada de novas vacinas.

Vacinação da COVID-19 fica suspensa em João Pessoa após faltarem doses
Vacinação da COVID-19 fica suspensa em João Pessoa após faltarem doses (Imagem: reprodução/G1)

Na última terça-feira, o prefeito de João Pessoa, junto com o secretário de saúde do município, informou que a vacinação da COVID está suspensa. A região está usando a CoronaVac para imunizar os pessoenses.

O anúncio veio após aglomerações e tumultos nos postos de vacinação, por causa da falta de doses do imunizante. Esse problema aconteceu, segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Alline Grisi, porque o município perdeu 10% das doses por causa de uma falha em um dos lotes.

Além disso, a prefeitura informou que houve uma diminuição no quantitativo de doses, porque a população tem tomado a segunda dose após 14 dias. Sendo que, segundo o prefeito, é recomendado aguardar por 28 dias.

Após os casos de aglomerações na manhã da terça-feira (13), o prefeito convocou coletiva de imprensa para falar sobre a vacinação da COVID na cidade. No momento, aproveitou para esclarecer o ocorrido e lamentou os problemas.

Bezerra também aproveitou a ocasião para afirmar que a prefeitura está, desde o início da Campanha de vacinação da COVID, oferecendo toda a estrutura necessária para atender à população.

Para dar continuidade à vacinação, o município aguarda o envio de novas doses. Essas devem ser enviadas pelo Ministério da Saúde. O governador do Estado da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), informou que já entrou em contato com a pasta e as vacinas devem chegar à região até o próximo sábado (17).

O município estava vacinando os idosos a partir de 60 anos. Para receber a dose, era necessário apresentar um documento oficial com foto, cartão do SUS ou CPF e comprovante de residência. A apresentação desses documentos é obrigatório.

A prefeitura pede que a população realize o agendamento para receber a dose. O agendamento deve ser feito no site ou aplicativo “Vacina João Pessoa”. Essa medida contribui para evitar filas e aglomerações nos pontos de vacinação. Porém, essa etapa não é obrigatória e não impede a imunização.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.