Cestas básicas serão distribuídas NESTAS cidades de Minas Gerais

Desde o último sábado, dia 3 de abril, várias famílias em situação de vulnerabilidade social, bem como estudantes da rede de ensino municipal da capital mineira, têm sido contemplados por cestas básicas e kits de higiene básica. 

Cestas básicas serão distribuídas NESTAS cidades de Minas Gerais
Cestas básicas serão distribuídas NESTAS cidades de Minas Gerais. (Imagem: Reprodução/Google)

Os beneficiários já podem fazer a consulta do local disponível para a retirada dos itens. Ressaltando que tanto as cestas básicas quanto os kits de higiene serão entregues pela prefeitura de Belo Horizonte (BH) ao longo deste mês de abril.

É preciso explicar que os beneficiários residentes nas localidades de Betim e na Região Metropolitana, também conseguirão receber as doações. Porém, nestes casos foi necessário realizar um cadastro no site da Secretaria Municipal de Educação até o último domingo, 4 de abril. 

De acordo com a prefeitura de BH, até o momento a capital mineira já distribuiu cerca de 3 milhões de cestas básicas, além de outros 500 kits de higiene. Para ter ciência sobre os detalhes do recebimento, basta acessar o site da prefeitura e informar o número do CPF do cidadão responsável pelo cadastro ou matrícula.

Ao apresentar os dados solicitados, a plataforma será capaz de fornecer a data, horário, endereço da loja e número do voucher. Este deve ser apresentado em conjunto com os documentos de identificação pessoal assim que fizer a retirada das doações. 

Além do mais, no município de Betim, a distribuição de cestas básicas irá atingir mais de 59 mil estudantes. Ressaltando que, no caso daquelas famílias que não possuem acesso à internet, foi ofertada a possibilidade de solicitar os kits presencialmente no último sábado e domingo, 3 e 4, respectivamente, através das dez regionais administrativas da cidade. 

Aqueles que precisam fazer a inscrição presencial tiveram que apresentar a carteira de identidade tanto do responsável, quanto do aluno. Também foi necessário fornecer um documento capaz de comprovar a matrícula do jovem em uma das escolas municipais de BH e demais localidades contempladas. 

Por fim, é válido dizer que pela regra estabelecida pelo município, terão direito ao benefício todos os estudantes devidamente matriculados nas escolas da rede de ensino público fundamental municipal, Centros Infantis Municipais (CIMs), creches parceiras e estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Lembrando que cada grupo familiar terá direito a receber um kit por aluno matriculado.

É importante dizer que a medida consiste em uma proposta de substituição à merenda escolar. Tendo em vista que esta deixou de ser ofertada devido à suspensão das aulas desde o dia 18 de março de 2020, em decorrência dos impactos da pandemia da Covid-19.

Laura AlvarengaLaura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR