ENEM 2020: Como consultar e usar a nota do exame para ingresso na universidade

Pontos-chave
  • O Enem é uma das formas que os estudantes possuem de entrar na universidade;
  • Os estudantes podem usar sua nota para o Prouni, Fies e Sisu;
  • A consulta da nota é feito de forma online.

Os estudantes que realizam as provas do Enem ficam ansiosos para obter o resultado e saber se conseguiram atingir a sua meta de entrar na faculdade, com a sua nota. Saiba aqui como consultar sua nota e como usar o seu desempenho para entrar na universidade.

ENEM 2020: Onde consultar nota e como usar desempenho para ingresso na universidade
ENEM 2020: Onde consultar nota e como usar desempenho para ingresso na universidade (Foto:Google)

O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998, para avaliar o desempenho dos estudantes do ensino médio. No ano de 2004, essa prova passou a ser usada para ingressar nas instituições de ensino superior. Já em 2010 foi integrado ao Sistema de Seleção Unificada (SISU).

ENEM 2020: Onde consultar nota e como usar desempenho para ingresso na universidade
ENEM 2020: Onde consultar nota e como usar desempenho para ingresso na universidade (Foto:Google)

Como consultar a nota do Enem 2020 em 2021?

Para os estudantes consultar o boletim do Enem, o estudante precisa logar na Página do Participante, informando CPF e senha. 

Ao ter acesso ao sistema é possível ver as notas em cada uma das quatro áreas avaliadas com questões objetivas e também o desempenho na redação.

Assim como, no tempo previsto, o Inep disponibiliza nesta mesma área o acesso ao espelho da correção da redação.

Antes, o Boletim do Enem era entregue ao participante em casa, via Correios. No entanto, agora só é possível acessá-lo por meio da internet.

Como usar o Boletim do Enem?

Depois de ter acesso ao Boletim do Enem, o estudante pode analisar a possibilidade de participar dos programas que dependem da nota no Enem.

É importante ter acesso a este resultado, pois é com base nessa nota que o Ministério da Educação (MEC) seleciona para:

  • Fundo de Financiamento Estudantil (Fies);
  • Programa Universidade para Todos (ProUni);
  • Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

No caso do Fies, o candidato precisa ter feito uma das edições do Enem a partir de 2010, com média igual ou maior a 450 nas provas e nota acima de zero na redação.

Para este programa, o inscrito deve ainda comprovar renda junto ao agente financeiro, conforme a modalidade em que se inscreveu.

FIES 2021.2

O Fies é um programa de financiamento estudantil para aqueles que desejam ingressar no ensino superior em universidades privadas.

O programa hoje, possui duas categorias: a primeira oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos. 

A segunda é chamada P-Fies, que é direcionada para os estudantes que têm renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Quem pode participar do FIES?

Para se inscrever é preciso que o estudante tenha participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do ano de 2010.

Além disso, é preciso que tenha obtido ao menos 450 pontos na média das cinco provas do exame, além de nota superior a zero na redação do Enem.

SISU 2021

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) com a intenção de democratizar o acesso dos estudantes às instituições de ensino superior públicas.

As vagas oferecidas são destinadas para os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O programa é gratuito, o estudante que se inscrever não paga nenhuma taxa e está isento do pagamento de mensalidades.

O Sisu não oferta bolsas de estudo e sim acesso a cursos de instituições públicas de ensino superior.

Quem pode participar do SISU?

Os estudantes que desejam participar do Sisu devem ter participado da última edição do Enem. 

Além disso, é necessário que os candidatos não tenham zerado na redação. Os candidatos que participaram da seleção de outras edições e não foram selecionados, não devem estar cursando nenhuma graduação antes.

PROUNI 2021.2

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado em 2004 com a intenção de incluir os estudantes que não conseguem pagar a faculdade. Sendo assim, são selecionados estudantes para terem bolsas parciais e integrais em universidades particulares. 

As bolsas podem ser de 50% ou de 100%,mas para isso é necessário que o estudantes esteja encaixado nos requisitos.

Neste ano de 2021, o Programa não vai utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) mais recente, ou seja, de 2021.

Essa decisão foi tomada pelo Ministério da Educação (MEC) para que a seleção fosse realizada ainda em janeiro. 

Quem pode participar do PROUNI?

Para participar é necessário:

  • ter cursado o ensino médio completo na rede pública;
  • ter sido bolsista integral em escolas particulares durante todo o ensino médio;
  • ter alguma deficiência;
  • ser professor da rede pública de ensino, na educação básica.

Com exceção dos docentes, os outros candidatos não podem ter diploma do ensino superior.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.