Bancos de São Paulo vão restringir atendimentos presenciais; saiba quem terá prioridade

Os funcionários dos bancos localizados no estado de São Paulo irão realizar uma triagem no atendimento para apenas situações indispensáveis. Além disso, foi anunciado que o período de 9h às 10h será destinado apenas para grupos prioritários.

Bancos de São Paulo vão restringir atendimentos presenciais; saiba quem terá prioridade
Bancos de São Paulo vão restringir atendimentos presenciais; saiba quem terá prioridade (Imagem: Reprodução/Google)

O novo funcionamento nas agências bancárias do estado de São Paulo passará a valer a partir da próxima segunda-feira (8). Com isso, o atendimento presencial nos bancos será restrita aos casos indispensáveis.

Diante disso, as instituições financeiras têm orientado aos seus clientes que busquem os canais digitais para resolver as dúvidas e problemas considerados sem prioridade. A medida tem como objetivo evitar aglomerações a fim de conter a disseminação da Covid-19.

As restrições de atendimentos presenciais foram anunciadas pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Em nota, a Federação informou que a medida foi tomada devido ao aumento de casos de contaminação e morte por Covid e a doção da fase vermelha em todo o estado de São Paulo.

Dessa maneira, a Febraban esclareceu que as novas medidas para o atendimento presencial durará até que o estado de São Paulo permaneça na fase vermelha. Atualmente, o governo pretende continuar esta fase até as próximas duas semanas.

A entidade também esclareceu que não haverá o número específico de atendimentos em um dia, pois cada caso será analisado pelo funcionário do banco. Portanto, o número de atendimentos presenciais será de acordo com a demanda e a necessidade.

A única coisa especificada pela Febraban é que das 9h às 10h as agências só atenderam as pessoas que fazem parte do grupo de risco, como os que têm mais de 60 anos, gestantes ou pessoas que possuem doenças graves, como câncer.

Após esse horário, ou seja, das 10h às 15h serão atendidos os demais casos considerados indispensáveis. A medida também proibiu as reuniões presenciais com clientes, visitas externas ou quaisquer contatos fora das agências.

A entidade reforça que os clientes que terão atendimento presencial usem máscara de proteção, higienize as mãos e mantenha o distanciamento social, principalmente na fila de espera.

Além disso, é indicado, se possível, que não leve acompanhantes, a fim de evitar o máximo de aglomeração em local fechado.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.