Pronampe ganha reforço de R$10 BILHÕES para liberar empréstimo às micro empresas

A Câmara dos Deputados aprovou a terceira rodada do programa de apoio à micro e pequenas empresas liberando empréstimos, com o intuito de incentivar o microempreendedorismo. O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) recebeu cerca de R$ 10 bilhões.

Pronampe ganha reforço de R$10 BILHÕES para liberar empréstimo às micro empresas
Pronampe ganha reforço de R$10 BILHÕES para liberar empréstimo às micro empresas (Imagem: montagem/FDR)

O texto sobre o Pronampe segue para sanção presidencial, após a aprovação na Câmara na última terça-feira (22) e no Senado Federal no dia 10. A proposta viabiliza a terceira fase do programa de apoio à micro e pequenas empresas.

O valor destinado para essa rodada veio dos recursos não utilizados no Programa Emergencial de Suporte a Empregos (Pese). Esse tinha como propósito a participação da União no Fundo Garantidor de Operações do Banco do Brasil para garantia de empréstimos.

Pronampe

O programa de apoio à micro e pequenas empresas foi desenvolvido no mês de maio deste ano, diante do cenário de calamidade pública devido à pandemia de Covid-19. Com isso, o projeta visa socorrer as micros e pequenas empresas por meio de empréstimos.

Esses juros são com taxas baixas, sendo o empréstimo feito realmente para impedir o fechamento dessas empresas, já que essas foram as que mais sofreram com os impactos da pandemia, por não possuir uma estrutura e capital de giro.

A taxa de juros anual máxima é igual à taxa Selic mais 1,25% sobre o valor do empréstimo. Além disso, os empresários têm até 36 meses para pagar o valor emprestado pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

Dessa maneira, o valor pode ser usado para diversas situações, como composição de capital de giro, aquisição de equipamentos e pagamento de pessoal. Com isso, os empresários podem colocar as contas em dia ou se adaptar as novas demandas do mercado pós-pandemia.

Qual o valor do empréstimo?

Cada empresa pode receber um empréstimo de até 30% da receita bruta anual. Como se trata de micro e pequena empresa essa valor não pode ultrapassar os R$ 108 mil para a primeira categoria e R$ 1,4 milhão para as empresas de pequeno porte.

As empresas com menos de um ano há duas opções de empréstimos: até metade do capital social ou 30% da média do faturamento mensal. Essa média é multiplicada por 12 o que corresponde a média anual.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pronampe ganha reforço de R$10 BILHÕES para liberar empréstimo às micro empresas

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA