Empréstimo para MEI da Peac Maquininhas acaba neste mês; veja como contratar

Pontos-chave
  • Interessados podem contratar o empréstimo até o dia 31 desse mês;
  • Empréstimo máximo é de R$50 mil;
  • O Peac-Maquininhas é financiado com recursos da União.

O MEI (Microempreendedor Individual), e micro e pequenas empresas que precisam do empréstimo através do Peac Maquininhas, tem até o dia 31 deste mês para pedir o crédito na modalidade de garantia de recebíveis. O programa utiliza recursos do BNDES e é direcionado aos negócios que possuem um rendimento de no máximo R$4,8 milhões ao ano.

Empréstimo para MEI da Peac Maquininhas acaba neste mês; veja como contratar (Imagem: Google)
publicidade

A taxa de juros cobrada é de 6% ao ano e o empreendedor tem até 36 meses para pagar o empréstimo. Neste período já está incluso a carência de seis meses.

O valor máximo que pode ser solicitado de empréstimo é R$50 mil. Para o programa, foram destinados R$10 bilhões, e deste montante a metade já estava a disposição desde 28 de setembro.

Os interessados em participar do programa, precisam ter vendido bens ou prestado serviços através das maquininhas em no mínimo um dos meses de janeiro a março. Os interessados não podem também ter comprometido vendas futuras como garantia para outras operações de crédito.

Diferentemente do Pronampe em que as três fases de liberação acabaram em poucas horas, o Peac Maquininhas requer apenas a garantia dos recursos a receber nas operações feitas através do cartão de crédito e débito. A boa notícia é que ainda está disponível uma boa quantia a ser emprestada.

Liberação de crédito na Peac Maquininhas

De acordo com a Lei 14.020/2020, está determinado que a linha de crédito Peac Maquininhas permanece válida até 31 de dezembro.

Porém, diferente do que aconteceu com os recursos do Pronampe, o dinheiro destinado ao Peac está longe de acabar até a data estabelecida pela lei, diz Alison Aguiar da Costa, o superintendente estadual de São Paulo do Banco do Brasil.

Porém, ele ressalta que todo o recurso que conta com taxas de juros subsidiados ou com financiamento do BNDES, terão limitações orçamentárias e diz que “por isso é sempre bom ressaltar aos interessados que, quanto antes procurarem por uma agência do BB, mais garantido será o acesso aos recursos”.

Como contratar o empréstimo para MEI

Os interessados em fazer o financiamento ou empréstimo com a garantia do Peac Maquininhas, precisam procurar uma instituição habilitada a operar com a garantia do programa. Lembrando que o programa opera até o dia 31 de dezembro.

Cada instituição possui seus critérios para oferecer o empréstimo através do Peac. No BB, por exemplo, quem possui conta-corrente pode contratar direto pelo gerenciador financeiro, ou em sua agência de relacionamento.

A linha também pode ser contratada por não-correntistas, já que não é necessário histórico de relacionamento com o BB para acessá-la. Basta atender os requisitos da linha e, aí sim, se tornar correntista.

O Peac-Maquininhas é totalmente financiado com recursos da União. Além dos recebíveis originados nas maquininhas, as operações de crédito possuem garantia do Tesouro Nacional.

Peac Maquininhas (Imagem: Google)

Instituições Financeiras Habilitadas Peac Maquininhas

  • Agência de Fomento de Goiás
  • Agência de Fomento do Estado da Bahia – Desenbahia
  • Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina – Badesc
  • Agência de Fomento do Estado de São Paulo – Desenvolve SP
  • Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro
  • Agência de Fomento do Paraná – Fomento Paraná
  • Banco ABC Brasil
  • Banco Alfa de Investimento
  • Banco BMG
  • Banco Bocom BBM
  • Banco Bradesco
    Banco BS2
  • Banco BTG Pactual
  • Banco Caterpillar
  • Banco CNH Industrial Capital
  • Banco Daycoval
  • Banco da Amazônia
  • Banco de Brasília – BRB
  • Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais – BDMG
  • Banco de Desenvolvimento do Espirito Santo S/A
  • Banco de Lage Landen Brasil
  • Banco do Brasil
  • Banco do Estado de Sergipe
  • Banco do Estado do Rio Grande do Sul – Banrisul
  • Banco Fibra
  • Banco GMAC
  • Banco Industrial do Brasil
  • Banco Inter
  • Banco John Deere
  • Banco Mercedes-Benz
  • Banco Moneo
  • Banco Randon
  • Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE
  • Banco Rendimento
  • Banco Safra
  • Banco Santander
  • Banco Sofisa
  • Banco Triângulo
  • Banco Votorantim
  • Caixa Econômica Federal
  • Caruana Financeira
  • Itaú Unibanco
  • Omni Banco
  • Sistema Cooperativo Ailos
  • Sistema Cooperativo Sicoob
  • Sistema Cooperativo Sicredi
  • Stara Financeira

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.