13° salário do Bolsa Família e continuação do auxílio em 2021 ainda são pautas da Câmara?

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), retirou a Medida Provisória que previa a prorrogação do auxílio emergencial e o pagamento do 13° salário do Bolsa Família da pauta de votação.

13° salário do Bolsa Família e prorrogação do auxílio SAEM de pauta na Câmara
13° salário do Bolsa Família e prorrogação do auxílio SAEM de pauta na Câmara (Imagem: Reprodução/Google)

Na última sexta-feira (18), Maia informou ao Plenário que a Medida Provisória 1000/20 não seria analisada. O texto trata da prorrogação do auxílio emergencial. O presidente da Câmara já tinha declarado que durante a sua gestão não haveria prorrogação.

Ele declarou que o governo quer fazer essa prorrogação de todo jeito, mas que isso vai afetar a economia brasileira e irá gerar uma dívida imensa. Por isso, não quer ser o responsável por essa tragédia no Brasil.

A decisão de Maia foi diferente do que o líder do governo na Casa, Ricardo Barros (PP-PR) tinha afirmado mais cedo, pois ele disse que o deputado tinha reconsiderado sua opinião sobre a MP 1000 e o 13° salário do Bolsa Família.

Maia tinha anunciado colocar em pauta os dois temas na Câmara dos Deputados, após Jair Bolsonaro (sem partido), declarar que a culpa pelo não pagamento do 13° salário do Bolsa Família era do presidente da Câmara que se negava em pautar o tema.

Rodrigo Maia, na última sexta durante o plenário virtual, declarou ter ficado irritado com o presidente e o acusou de ser mentiroso e de tentar manchar a sua imagem para justificar uma má decisão que pode vim a comprometer a economia e o desenvolvimento do país.

Segundo Maia, o governo não pretende pautar, pois tem medo que o auxílio seja prorrogado e ampliado para R$ 600. Dessa maneira, o presidente vai querer colocar a culpa no parlamento, alegando que o auxílio emergencial residual não foi votado.

Por isso, a proposta do presidente da Câmara foi cancelar o recesso para que a Câmara dos Deputados, o Senado Federal e o Judiciário pudessem trabalhar na produção de um novo programa social dentro do Orçamento.

Durante a tribuna Rodrigo Maia declarou estar preocupado com a tentativa do governo de manchar a imagem do parlamento, por isso irá tentar resguardar a imagem da Câmara e do eu mandato como presidente da Casa.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

13° salário do Bolsa Família e continuação do auxílio em 2021 ainda são pautas da Câmara?

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA