Governo e bancos podem firmar parceria para DIGITALIZAR serviços públicos; IPVA está na mira

A ideia do governo com essa parceria é oferecer a população serviços públicos por meio digital. Com isso, os pagamentos de IPVA e limpeza urbana, por exemplo, poderão ser realizados através do seu banco.

Governo e bancos podem firmar parceria para DIGITALIZAR serviços públicos; IPVA está na mira
Governo e bancos podem firmar parceria para DIGITALIZAR serviços públicos; IPVA está na mira (Imagem: Google)

Segundo o Governo Federal, a parceria com os bancos e os estados e municípios, já contam com a integração de 13 Estados e 74 municípios.

São mais de 2 mil serviços digitais oferecidos, até o momento, pelo Banco do Brasil, Banrisul e pelo Bradesco.

Esses bancos oferecem os serviços públicos entre as opções de pagamentos digitais. Dessa maneira, será possível acessar e fazer os pagamentos usando a mesma senha e login da sua conta bancária através do site gov.br.

A ideia é desburocratizar os serviços, por esse motivo, não será necessário criar um cadastro adicional ou fazer novos logins e senhas para acessar os novos serviços. Além disso, a função só será disponibilizada ao cliente que permitir, sendo possível cancelar a qualquer momento.

O Bradesco foi o primeiro banco privado a aderir à ideia nesta semana, porém, segundo o secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade, outros bancos, tanto públicos como privados irão oferecer o serviço.

“O governo autentica as pessoas num único lugar e, a partir daí, elas podem conseguir tudo que estão procurando (de serviço público) na plataforma”, afirmou o secretário. Dessa maneira, o cidadão terá em uma única plataforma os serviços públicos, sem precisar sair de casa ou ir a vários departamentos.

Segundo dados, com os serviços digitais, mais de 88 milhões de atendimentos presenciais deixaram de ser realizados pelos órgãos públicos. Atualmente, 85 milhões de brasileiros estão cadastrados na plataforma do governo.

Devido à pandemia, os serviços digitais que já eram realidade no país, tiveram mais força e investimento, sendo digitalizados mais 460 serviços durante esse período. Esses foram grandes aliados durante a quarentena. Hoje, 60% dos serviços do Governo Federal são digitais.

Em nota, o Bradesco afirmou que os serviços digitais é uma tendência mundial, sendo todo o processo muito seguro e ágil. O Banco do Brasil também declarou sobre a facilidade para os clientes e a segurança da operação, sendo usada a autenticação bancária.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.