Inscrições para vagas remanescentes do Prouni e Fies serão feitas nesse mês; veja regras

O Ministério da Educação (MEC) fará um novo processo seletivo para o Programa Universidade para Todos (Prouni), e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ainda este mês. O anúncio foi feito em 28 de agosto pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante a participação em uma videoconferência promovida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). 

publicidade
Inscrições para vagas remanescentes do Prouni e Fies serão feitas nesse mês; veja regras
Inscrições para vagas remanescentes do Prouni e Fies serão feitas nesse mês; veja regras (Imagem: reprodução Google)
publicidade

No total, são 140 mil vagas que dão acesso ao ensino superior para serem preenchidas em todo o país. Dessas, segundo o ministro, 90 mil vagas vão para o Prouni e 50 mil ao Fies. 

Essas vagas remanescentes surgem quando não há ocupação dos selecionados em chamada regular. Nesse caso, as vagas retornam ao sistema por conta da desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo.

Como funciona o Prouni? 

Com objetivo de conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de ensino superior, o Governo Federal criou o Programa Universidade para Todos (ProUni).

As bolsas do Prouni são destinadas aos estudantes que tenham concluído todo o ensino médio na rede pública de ensino. Ou na rede particular, na condição de bolsista integral. 

Para isso, é necessário que os candidatos tenham realizado a última edição da prova do Enem. A pontuação mínima exigida é de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e não ter zerado a redação. 

Existe ainda um critério de renda familiar para participar das seletivas. Nesse caso, a concessão da bolsa de estudo pode ser em duas modalidades: parcial (50%) ou integral (100%).  

Como funciona o FIES?

O Fies atua com a disponibilização de financiamento a estudantes que desejam ingressar no ensino superior privado, mas não têm condições de pagar as mensalidades durante o curso. 

A dívida do Fies pode começar a ser paga a partir do momento que o estudante formado encontra um trabalho formal. Com isso, as parcelas da dívida são descontadas diretamente da folha de pagamento.

Diversos fatores são levados em conta na hora de calcular o valor da parcelas. Quesitos como preço das mensalidades, a duração do curso, a renda do estudante, o percentual financiado, por exemplo, são levados em conta. 

Apesar da variação enorme, todas as regras podem ser encontradas no contrato que o estudante faz com o Fies. 

AvatarLucas Santos
Lucas Santos é jornalista graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Possui experiência em assessoria de imprensa na Prefeitura Municipal de Cariacica e redação de notícias para o portal FDR. | Instagram @lucas.sanp | LinkedIn @lucassantospto