publicidade

Os beneficiários do auxílio emergencial só terão acesso a transferências ou saques, da segunda parcela, a partir do dia 30 de maio. Por esse motivo, a fintech Mercado Pago resolveu criar algumas medidas que podem ajudar os beneficiários a terem acesso imediato ao dinheiro.

Mercado Pago antecipa pagamento do auxílio emergencial; saiba como!
Mercado Pago antecipa pagamento do auxílio emergencial; saiba como! (Foto: Google)
publicidade

Dentre as ações estão: pagamento de contas, uso do dinheiro para compras e saques imediatos. Outra medida informada pela empresa é que o beneficiário poderá efetuar o saque em caixas 24 horas através do QR Code. Esse serviço tem uma taxa de R$ 4,90 e não é necessário que o usuário tenha cartão físico para isso.

Além disso, o Mercado Pago está isentando as tarifas de 25 transferências na modalidade TED para contas de outras instituições por mês. Lembrando que as transferências entre contas da empresa já são realizadas de forma gratuita.

De acordo com o vice presidente da fintech, Tulio Oliveira, a intenção é facilitar a vida dos beneficiários.

“Estamos empenhados em simplificar a vida dos brasileiros que já têm que enfrentar muitas dificuldades em pleno cenário de pandemia. Somente no dia de ontem (20) tivemos mais de 100 mil beneficiários que transferiram o dinheiro da Renda Emergencial para a conta Mercado Pago. É uma prova de que a tecnologia financeira é um aliado à democratização do acesso ao dinheiro nesse momento de pandemia”, explica.

Como usar o Mercado Pago?

O beneficiário precisa acessar sua conta da Caixa Tem e efetuar a transferência do valor para uma conta do Mercado Pago, mas a transferência precisa ser feita através do cartão virtual criado dentro do app da Caixa.

Outra forma é gerar um boleto do Mercado Pago e pagar pelo aplicativo da Caixa Tem. O saldo irá diretamente para a conta do Mercado e poderá ser sacado em um caixa 24 horas.

A primeira opção permite que o dinheiro caia na hora e para aqueles que optarem por boleto, o processo pode demorar de 1 a 2 dias úteis para que o documento seja compensado e o valor fique disponível.

Além das transações tradicionais, o usuário pode utilizar o valor para efetuar compras no Mercado Livre que possui integração com o Mercado Pago.

 

Bartira Araújo é formada em Jornalismo pela pela Universidade Santa Cecília. Já trabalhou como analista de comunicação em uma agência de tecnologia e marketing e atualmente é redatora do portal FDR.