MEI: aprenda a usar recurso do Facebook para aumentar suas vendas online

Nesta terça-feira (19), o Facebook divulgou a criação de uma nova ferramenta para apoiar pequenos negócios impactados pela pandemia do novo coronavírus. O novo serviço vai concorrer diretamente com as gigantes do comércio eletrônico, como Amazon e Alibaba, além dos diversos marketplaces espalhados pelo país e mundo.

Aprenda a usar recurso do Facebook para aumentar suas vendas online
Aprenda a usar recurso do Facebook para aumentar suas vendas online (Reprodução: Google)

O nome da modalidade será Facebook Shops e o serviço vai permitir que os empreendedores criem uma loja gratuitamente na rede social e também no Instagram. Essa medida vai conectar empreendedores de todo o mundo a bilhões de pessoas, uma vez que estamos falando das duas maiores redes sociais do planeta.

De acordo com Mark Zuckerberg, o lançamento da plataforma já era previsto, porém com o inicio da pandemia, a companhia resolveu acelerar as coisas e liberar a nova funcionalidade o quando antes.

“Se você navega por uma loja dentro do nosso aplicativo ou compra alguma coisa, nós vamos ver isso e poderemos usar essa informação para te mostrar melhores recomendações para outras coisas que você possa se interessar no futuro.”, afirmou.

Em breve, a solução promete atingir o Whatsapp e também o Messenger. No Brasil o negócio já foi batizado como Lojas no Facebook.

Como utilizar o recurso no Facebook

É preciso que o usuário já tenha uma página de sua empresa, pois é através dela que vai surgir a opção para criação da loja. Nesses casos, as lojas ficam destacadas nas páginas das empresas, que podem escolher quais produtos são exibidos e personalizar a aparência da seção.

Os clientes conseguirão navegar e ter acesso a catálogos. Além disso, é possível salvar produtos pra ver depois ou até mesmo iniciar a compra. A clicar na opção de compra, o cliente é redirecionado ao site da empresa.

Existem algumas opções que permitem que o usuário finalize a compra sem sair do Facebook. Essa função está disponível apenas nos Estados Unidos, mas pode chegar em breve ao Brasil e demais países.

As lojas começaram a ser liberadas neste dia 19, mas estão em fase de testes e deverão ter melhorias muito em breve.

 

 

 

 

Amanda CastroAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.