Aposentadoria do INSS: simulador revela a melhor modalidade para antecipar o benefício

Pontos-chave
  • Regras de aposentadoria mudaram em 2024
  • INSS concede aposenadoria diferenciada para professores.
  • Reforma da Previdência deve ter impacto pelos próximos anos ainda

Simulador de aposentadoria do INSS te ajuda a se preparar para antecipar o benefício. Regras da Previdência Social sofreram mudança nesse ano. Mas, em alguns casos é possível aproveitar as regras anteriores à Reforma.

Aposentadoria do INSS: simulador revela a melhor modalidade para antecipar o benefício
Aposentadoria do INSS: simulador revela a melhor modalidade para antecipar o benefício (Imagem: FDR)

O desejo de se aposentar continua sendo um dos principais sonhos dos brasileiros, principalmente daqueles que já trabalham por muito tempo. Mas, a aposentadoria do INSS não é uma modalidade única. Isso significa que o segurado precisa verificar a regra em que se enquadra.

Regras de aposentadoria do INSS em 2024

É sempre importante lembrar que a Reforma da Previdência criou as Regras de Transição. Elas são voltadas aos trabalhadores que já contribuíam com o INSS antes de 2019, mas, ainda não cumpriam com as regras de aposentadoria.

Confira abaixo cada uma delas:

Pontos

Modelo que combina: idade + tempo mínimo de contribuição.

Com a Reforma a pontuação vai subir anualmente até que o homem tenha 105 pontos e a mulher 100. Em 2024 os trabalhadores terão que ter 101 pontos, se homem; e 91 se mulher. Veja abaixo a tabela completa:

Ano Homens Mulheres
2019 96 86
2020 97 87
2021 98 88
2022 99 89
2023 100 90
2024 101 91
2025 102 92
2026 103 93
2027 104 94
2028 105 95
2029 105 96
2030 105 97
2031 105 98
2032 105 99
A partir de 2033 105 100

Nesse modelo, o trabalhador também deve ter, no mínimo:

Aposentadoria dos professores

Os profissionais ligados à educação podem se aposentar por tempo de contribuição + a idade. A somatória deve resultar em 86 pontos para mulheres e 95 para homens.

Com isso o professor deve cumprir com todos os seguintes requisitos ao mesmo tempo:

Aposentadoria do INSS: simulador revela a melhor modalidade para antecipar o benefício
Aposentadoria do INSS: simulador revela a melhor modalidade para antecipar o benefício (Imagem: FDR)

Idade progressiva

Nesse modelo há combinação da: idade mínima + tempo mínimo de contribuição, que é o mesmo citado anteriormente 35 anos para os homens e 30 para as mulheres. Na idade progressiva, a cada um ano a idade mínima sobe 6 meses até estabilizar em 2031.

Com isso, em 2024 para se aposentar vai é necessário que o homem tenha 63 anos e 6 meses; e a mulher tenha 58 anos e 6 meses. Veja a tabela progressiva completa abaixo:

Ano Homens Mulheres
2019 61 56
2020 61 anos e 6 meses 56 anos e 6 meses
2021 62 57
2022 62 anos e 6 meses 57 anos e 6 meses
2023 63 58
2024 63 anos e 6 meses 58 anos e 6 meses
2025 64 59
2026 64 anos e 6 meses 59 anos e 6 meses
2027 65 60
2028 65 60 anos e 6 meses
2029 65 61
2030 65 61 anos e 6 meses
A partir de 2031 65 62

Idade mínima

Nesse caso acontece uma combinação da idade mínima mais 15 anos de contribuição ao INSS. Em 2024 a idade mínima é de 65 anos, se homem; ou 62 anos, se mulher.

Além disso, nessa modalidade a cada ano a mais desses 15 anos mínimos a remuneração terá um acréscimo de 2%.

Há ainda a aposentadoria especial, que é concedida apenas para alguns grupos de trabalhadores expostos a situações e agentes que causam risco à saúde, veja quais.

E a aposentadoria por incapacidade permanente, antiga aposentadoria por invalidez, que acaba de sofrer mudanças, confira.

Para solicitar uma dessas modalidades de aposentadoria, acesse o site do INSS.

Simulador de aposentadoria do INSS

Outra mudança trazida pela Reforma foi o valor da aposentadoria que agora é calculado a partir da média dos 80% maiores salários desde julho de 1994.

Mas, não é só isso que influencia o valor recebido o fator previdenciário também afeta a aposentadoria. ele é um cálculo com base na idade do trabalhador, no tempo de contribuição à Previdência e na expectativa de vida.

O FDR disponibiliza uma calculadora que pode te ajudar no cálculo, para usá-la você precisa dos seguintes dados:

Vale lembrar que a contribuição ao INSS varia de 7,5% a 22% conforme a categoria em que o contribuinte se encaixa, confira os valores.

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile