Aposentados do INSS e estudantes ganham novo benefício exclusivo

O governo federal anunciou que a partir do próximo mês os brasileiros aposentados do INSS e os estudantes terão acesso a um benefício inédito. É comum que esses grupos recebam descontos, prioridade ou acessos exclusivos a determinados serviços. A ação, porém, se trata de uma iniciativa nova.

Aposentados do INSS e estudantes ganham novo benefício exclusivo
Aposentados do INSS e estudantes ganham novo benefício exclusivo (Imagem: FDR)

Conforme já havia sido prometido por Márcio França no último ano, enquanto ocupava o cargo de ministro dos Portos e Aeroportos, será lançado o Voa Brasil. O programa tem como objetivo baratear as passagens áreas para aposentados e estudantes, dando a eles a oportunidade de viajar de avião.

Como aposentados e estudantes serão beneficiados no Voa Brasil?

De acordo com as primeiras informações divulgadas, o Voa Brasil vai atender os aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e estudantes do Prouni (Programa Universidade para Todos). Estes são os primeiros públicos-alvo atendidos pela iniciativa.

A promessa do novo ministro de Portos e Aeroportos, Sílvio Costa Filho, é de que o programa seja oficialmente lançado até o início de fevereiro. A expectativa é de que o lançamento ocorra ainda em janeiro, mas Sílvio deixou um prazo maior para o evento e datou o início do mês seguinte.

Funcionará assim:

  • Aposentados do INSS que ganham até dois salários mínimos (20,8 milhões segundo o governo) poderão adquirir as passagens;
  • Estudantes que estão no Prouni (600 mil segundo o governo) também poderão adquirir as passagens aéreas;
  • Cada trecho terá custo de no máximo R$ 200;
  • Os bilhetes serão vendidos pelas próprias companhias aéreas.

Passagens áreas por R$ 200 no Voa Brasil

Inicialmente, o público-alvo das passagens áreas por R$ 200 serão os idosos e estudantes de baixa renda. O governo, porém, pretende incluir neste mercado as pessoas que nunca viajaram de avião ou que não fazem uma viagem por este meio de transporte há pelo menos 12 meses.

Para isso, em um acordo com as companhias aéreas ficará garantido:

  • Os assentos serão reservados para passageiros do Voa Brasil;
  • As passagens serão principalmente para viagens em que há menor fluxo de passageiros, como feitas durante os dias úteis e em horários específicos;
  • A ideia é preencher os assentos vazios com pessoas que nunca viajaram, ou viajam pouco, sendo benéfico para a companhia e passageiro.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]